Nossas Noticias

Imagens de câmeras da rua onde Ítalo mora em Rio Negrinho estão sendo analisadas detalhadamente

RIO NEGRINHO. Uma força tarefa continua atuando nas buscas pelo menino Ítalo, de 5 anos, que desapareceu na manhã de ontem (29). O menino é aluno do programa de estimulação precoce da APAE e desde ontem a presidente, diretora e professoras da instituição também acompanham diretamente a família, bem como parentes, vizinhos e amigos.

A criança foi vista pela última vez brincando em frente de casa, na rua Helmuth Krambeck. Desde então bombeiros, policiais militares, policiais civis, Defesa Civil, familiares, moradores e comunidade trabalharam na hipótese de a criança estar no rio ou às margens dele.

Isso porque na manhã de ontem foi achado um chinelo às margens do rio, que seria o usado pela criança.

O estado da mãe é de muita aflição e desespero. Ela também tem procurado por Ítalo no rio e às margens dele. A Polícia Civil está apurando todas as informações.

Nesta manhã, a Polícia Civil e os bombeiros analisaram minuciosamente as imagens da única câmera de segurança que há na rua. O trabalho foi realizado no Posto de Comando que os bombeiros montaram em frente a uma residência vizinha da família de Ítalo. A Polícia Militar acompanhou momentos do levantamento.

Foram listados os modelos e a situação de cada um dos veículos que passaram pela rua. A Polícia Civil também pontuou os carros que são de moradores e de parentes que os visitaram neste domingo.

As investigações e as buscas prosseguem. Mas informações a qualquer momento.

LEIA TAMBÉM:

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram