Nossas Noticias

Direção do hospital informa que está pré agendada reunião com o Secretário de Saúde nesta quarta-feira

RIO NEGRINHO. Após a polêmica gerada a partir de um vídeo divulgado por Everaldo do Amaral na noite de quinta-feira (24), procurada pela reportagem do Nossas Notícias, a direção do hospital, informou no final da tarde de hoje (27), através de sua assessoria, que está pré-agendada uma reunião com o Secretário de Saúde na Fundação Hospitalar, nesta quarta-feira (29), às 14h. Após a reunião, a Fundação Hospitalar deverá se manifestar oficialmente sobre os últimos acontecimentos.

Schroeder, juntamente com o advogado Anderson Godoy, que atua na Saúde e com o vereador Maneco Alves, compareceram no sábado (25) uma manifestação pacífica da comunidade em frente à Fundação Hospitalar.

Em sua fala, Schroeder dia que se “se caso o Instituto Santé, que administra o hospital, não estiver mais dando conta do Pronto Socorro, que passe para a Secretaria de Saúde, que assume os trabalhos, se necessário”.

O vereador Maneco também se manifestou e se comprometeu a buscar melhorias no atendimento no Pronto Socorro.

O movimento foi organizado por Everaldo, que filmou um momento de desespero de Sabrina Denck e sua filha Lindsay, de 2 anos. Nas imagens, a criança aparece com a cabeça sangrando muito, apesar de estar com o órgão enfaixado. A menina também chora, assim como sua mãe.

Na live que o Nossas Notícias transmitiu em sua página no Facebook na sexta-feira (24), com Sabrina e Everaldo, ela reclamou da demora no atendimento, contou que a menina e ela sofrem de uma doença rara e precisam de atendimento de urgência caso se cortem.

Segundo Sabrina, o atendimento demorou bastante, apesar de ela ter comunicado a condição especial da filha. Ela também apontou várias outras falhas e disse que por isso entrou em desespero.

Everaldo contou que aguardava ser atendido quando viu Sabrina entrar no consultório da médica e sair chorando, pois conforme ele, a profissional foi impaciente e grosseira com a mãe, que foi para outra sala do hospital, onde o vídeo foi gravado.

“Foi uma situação desumana e existem várias outras pessoas que testemunharam o que aconteceu”, pontuou.

De acordo com os organizadores, manifestação aconteceu com os objetivos de pedir melhorias nos atendimentos do pronto socorro e mais humanidade por parte de alguns profissionais. Algumas pessoas que compareceram também relataram situações, onde, segundo elas, houve falhas no atendimento hospitalar.

A pedido da reportagem do Nossas Notícias, no mesmo dia da live (24), a Fundação Hospitalar enviou uma nota oficial. O texto foi publicado também em nossas redes sociais.

 NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Fundação Hospitalar Rio Negrinho informa sobre o caso ocorrido no dia 23 de junho, referente ao atendimento de uma criança. A paciente deu entrada na Unidade Hospitalar e foi encaminhada para a realização dos procedimentos médicos como caso de emergência, sendo realizado o devido atendimento e liberação da paciente. 

Quanto aos demais fatos mencionados e que circulam nas redes sociais, destacamos que não refletem a realidade apresentada no momento do atendimento. Reafirmamos que a Fundação Hospitalar Rio Negrinho preza pela qualidade na prestação dos serviços, transparência e respeito a todos os pacientes e comunidade e continuará prestando todos os esclarecimentos necessários, para demonstrar a lisura na condução de suas atividades.

LEIA TAMBÉM:

Vídeo polêmico no hospital: testemunha e mãe dão sua versão

Hospital de Rio Negrinho emite nota oficial sobre vídeo que circula nas redes sociais

“Sabemos que o hospital tem problemas mas vamos cobrar providências da direção “, garante vereador Maneco à manifestantes em Rio Negrinho

“A gente não aceita o que está acontecendo no hospital e vamos continuar cobrando”, declara Secretário de Saúde para manifestantes em Rio Negrinho

Grupo promove manifestação silenciosa em frente ao hospital de Rio Negrinho na tarde de hoje

Demora no atendimento do Pronto Socorro: direção do hospital diz que soma esforços para dar conta da demanda , faz pedido à população e garante que salários de médicos estão em dia

Alta procura de pacientes tem provocado demora em alguns atendimentos no Pronto Socorro, destaca direção da Fundação Hospitalar de Rio Negrinho

Rio Negrinho: seguidora reclama de demora no atendimento no hospital; diretor afirma que casos complexos exigiram maior tempo de atendimento

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram