Nossas Noticias

"Porco na lata" está sendo servido no Café no Bule Pub & Grill em Rio Negrinho

RIO NEGRINHO. Um prato para remeter às memórias afetivas da infância e que vem deixando muitos clientes emocionados está fazendo sucesso no Café no Bule Pub & Grill. Estamos falando do “Porco na lata”, prato servido todos os sábados até 19 de junho como parte da programação do Circuito Gastronômico Sabores Regionais, evento promovido pelo Núcleo de Turismo da Acirne em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo. O Circuito foi lançado dia 24 de abril, data do aniversário de Rio Negrinho, acontecendo sucessivamente por nove sábados, com o objetivo de valorizar ingredientes da gastronomia local e regional. Da iniciativa participam 11 estabelecimentos, que servem  os pratos diferenciados, com valores que vão de R$ 29,90 a R$ 69,90. Os pratos são servidos diretamente nos estabelecimentos ou pelo delivery, com entrega gratuita pelo aplicativo Pedidos 10. Proprietário do Café no Bule, Ricardo Schier, mais conhecido como “Zimba”, contou que escolheu servir o “Porco na lata” porque esse foi um prato tradicionalmente preparado pelas famílias de antigamente, tanto em Rio Negrinho quanto em outras cidades. “Não se enquadra exatamente na gastronomia de Rio Negrinho, mas tinha muito na nossa região antigamente. Isso porque na época em que não tinha energia elétrica, era usada essa técnica de armazenar a carne de porco em sua própria gordura”.  “O pessoal matava o porco e fazia um tanto da carne defumada, outro tanto fazia linguiça e as aparas eles fritavam e jogavam na gordura. Ficando totalmente submersa na gordura, a carne não estraga, podendo ser consumida pelo período de até um ano”. “Zimba” contou também que já fez o prato algumas vezes, servindo aos amigos como forma de teste. Além disso, ele relatou que lembra que chegou a comer o “Porco na lata” quando era criança. “Também sempre escutei meu pai falando sobre esse prato. Assim como meu falecido avó falava, minha avó fala até hoje e ainda tenho um cunhado que chegou a comer na casa dos avós e comenta muito”. No Café, o “Porco na lata” é servido com pedaços de carne de porco frita na própria gordura, maionese à base de limão cravo e raiz forte, conserva de cebola roxa, mostarda estilo caipira, banha de porco, pão assado no forno a lenha e pimenta caseira de base amanteigada. A porção serve generosamente duas pessoas e é vendida a R$ 45,90. “Servimos o porco dentro de uma latinha, para aumentar a experiência do cliente. A maionese escolhi para dar uma ‘quebrada’ na gordura. A banha é servida para quem quiser passar no pão, pois também era feito dessa forma antigamente. O pão é feito no forno a lenha, no interior da cidade e vem fresquinho para a gente todos os sábados. Esse pão ainda é levemente esquentado na grelha para dar uma ‘marquinha’ de grelha, que traz um toque especial no prato como um todo”, explicou “Zimba”. Ele destacou que a experiência está sendo muito boa e que se sente cumprindo seu propósito inicial de resgatar um prato que faz parte da história de tantas pessoas. E que de quebra, também vem emocionando muita gente. “Eu tinha o propósito de fazer as pessoas relembrarem a sua infância, relembrarem momentos marcantes através da comida. Eu queria mesmo remeter à uma época em que os filhos acompanhavam os pais na matança dos porcos, em que os netos iam na casa das avós e tiravam uma carne direto da banha. Está sendo muito gratificante porque principalmente os clientes que tem entre 40 e 50 anos ou mais, viveram isso e me dizem que aqui o ‘Porco na lata’ é igual o que comiam na casa da vó. Já escutei cliente dizer até que sentiu vontade de chorar, comendo esse prato novamente. Espero que mais pessoas tenham essa experiência, de viver essa memória afetiva da infância, saboreando esse prato”. Vem provar você também!  O quê: Porco na lata no Café no Bule Pub & Grill Quando: 29 de maio, 05 de junho, 12 de junho e 19 de junho Endereço: Carlos Weber, 321, no centro de Rio Negrinho Horário: das 19h às 23h59 Preço: R$ 45,90 Formas de pagamento: dinheiro ou cartão Contato: (47) 98838-1675 ( clique aqui para falar direto pelo whatsapp) Os outros pratos e estabelecimentos A Degas Pizzaria e Restaurante serve um talharim ao molho alho e óleo com carneiro grelhado, polenta frita e mini calzone de banana com canela, chamado de Sabores da Dega´s. O Dido Burger e Boliche vem com o Platter Little Black River, as famosas linguiças alemãs, salsichas, salames, morcília e torresmo. O queijo e a geleia colonial, palmito e pepino em conserva, frutas frescas, farofa de pinhão, chips de banana, torradas, fatias de pão caseiro e um molho especial da casa. O PF Café Colonial é da Sofibel, tem como destaque a banana, morangos orgânicos, suco de uva e os embutidos produzidos aqui na nossa região. Já o Café Cedro Rosa serve o Delícias da Colônia, que são pequenos pastéis de linguiça Spztiner com farofa de pinhão e queijo colonial e mini Banoffes com bananas de Corupá (SC). A fruta produzida no município é reconhecida como a mais doce do Brasil (clique aqui para ler a reportagem especial ). A Confraria da Brasa elaborou o Tafelspitz que tem picanha cozida lentamente em caldo de carne/legumes servido com um molho de rábano (raiz forte) e maçã. É um prato clássico da cozinha vienense e popular em toda a Áustria e no estado alemão vizinho da Baviera. O Entrevero de Pinhão é servido pelo Restaurante da Fazenda, que traz o sabor inigualável da mistura de carne bovina, suína, charque, bacon, calabresa, legumes e especiarias com temperos típicos e tradicionais e claro o pinhão da Fazenda Evaristo. A Guiosa, carne de porco defumada com pinhão e molho de legumes com goiabada apimentada fica por conta do Tsuru Sushi e Petiscaria. Beatrice Patisserie serve o Combo Ethnien com itens da culinária italiana, alemã e polonesa. Bruschetta de linguiça Blumenau com pão colonial de malte, cuca de amoras serranas com chocolate branco e o Babka de chocolate ( clique aqui para ler a matéria especial ). Dallas Burger Bar traz o Risoto Poróblul com queijo de produção artesanal, linguiça tipicamente regional e alho poró fresco acompanhado ainda de coração de frango salteados na manteiga com tomates cereja. E pra finalizar a Master Pizzaria vem com a Pizza de Linguiça Rio Negrinho, um dos mais antigos alimentos alimentos produzidos comercialmente na cidade, é a linguiça Spitzner. Ela dá sabor às refeições e lanches dos rio-negrinhenses e em 2021 ela passa a ser um ingrediente de uma saborosíssima pizza. Promoções  

                                                                                           
   
                                                                                                         ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram