Nossas Noticias

Governo de SC volta atrás e mantém comércio não essencial fechado na primeira semana de abril

SANTA CATARINA. Lojas do comércio considerado não essencial devem continuar fechadas por mais sete dias a partir desta quarta-feira ( 1°), conforme nova decisão do governador Carlos Moisés, anunciada ontem (29) e divulgada hoje pela Polícia Militar, que juntamente com a Polícia Civil, é a responsável por fiscalizar o cumprimento da determinação. Moisés prorrogou o período de isolamento social no estado para até a primeira semana de abril e além do comércio não essencial devem continuar fechadas as academias, clínicas odontológicas ( podem atender somente urgências), clínicas de fisioterapia, os hotéis e os bares e restaurantes ( só podem fazer entregas e não podem permitir o consumo no estabelecimento). Aniversários, cultos, missas e eventos que promovam aglomerações também estão proibidos. Estão permitidos:

Continua depois do anúncio
  • Funcionamento de agências bancárias, correspondentes bancários, cooperativas e lotéricas ( com regras específicas de atendimento );
  • Feiras Livres, Padarias, Lojas de Conveniência, Verdureiros , Peixarias e demais estabelecimentos DESDE que não haja venda para consumo no local;
  • Supermercados, mercados, farmácias e agropecuárias ( com limitação da entrada  de pessoas );
  • Postos de saúde, clínicas médicas e laboratórios;
  • Postos de combustível;
  • Distribuidoras de água, gás e energia elétrica;
  • Clínicas veterinárias ( atendimento de urgência);
  • Funerárias;
  • Serviços de telecomunicações;
  • Segurança privada;
  • Coleta de lixo;
  • Fornecedores de serviços essenciais
  • Correios
  • Indústrias ( desde que operando com no máximo 50% da capacidade, para as que não produzem mercadorias essenciais )
Anúncios
   ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram