Nossas Noticias

Empresas podem analisar candidatos também pelo que eles postam nas redes sociais? Confira o que diz a psicóloga Cristiani Oliveira

BRASIL. Neste exato momento há milhares de pessoas procurando emprego em todo o Brasil. De acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho), entre 25 de janeiro e 25 de novembro de 2019, 13.894.948 trabalhadores foram demitidos no país. Em contrapartida, 14.721.885 foram admitidos no mesmo período, o que significa um número positivo para o país, tendo em vista que há um número maior (866.937) de empregados do que os que estão fora do mercado de trabalho.

Continua depois do anúncio 
Em Rio Negrinho, também entre final de janeiro e final de novembro de 2019, foram 4.952 os demitidos e 5.537 os admitidos. Um saldo positivo de 585 empregados. Na região, foram 17.002 os demitidos e 19.138 os admitidos. Um saldo também positivo de 2.136 pessoas a mais trabalhando. Porém, a priori, uma parcela dos que foram demitidos devem estar em busca de uma recolocação no mercado. Palavras da especialista 
Continua depois do anúncio
Pensando nisso, na nossa série com a psicóloga Cristiani Oliveira, da RH Brasil de São Bento do Sul, hoje trazemos um tema bastante delicado. Será que as empresas analisam o comportamento dos candidatos nas redes sociais? Cristiani, que diariamente analisa dezenas de candidatos a vagas de emprego na região, disse que sim, que é comum os selecionadores darem uma “espiadinha” no que os candidatos fazem pela internet. “Isso acontece,sim. Por isso antes de fazer postagens pense que você está se expondo, pois qualquer pessoa pode ver seu perfil. A não ser que você mexe nas configurações de privacidade”. Que imagem você está passando?
Continua depois do anúncio
Nesses casos, a psicóloga lembrou que é importante que quem está em busca de emprego pense na imagem que está passando, seja no Facebook, Instagram e outras. “Quando posto algo poderei ser interpretada de várias formas. Antes de postar qualquer coisa,  pense que seus colegas de trabalho, seu chefe, seus amigos, pessoas que não te conhecem também estão vendo o seu perfil e as suas postagens. Então se pergunte: quando eu coloco uma foto de tal forma como as pessoas irão interpretar? Que imagem eu quero passar para o mundo?”. “Desabafos” 
Continua depois do anúncio
Textos, fotos e banners com desabafos também devem ser bem avaliados antes de clicar em “publicar”. ” Cuide  com suas opiniões e com suas críticas. Por exemplo, pessoas que vivem reclamando nas redes sociais, que são agitadoras, que adoram um ‘fervo’… Isso  não é positivo para a sua imagem. Por isso opte por comentários que serão bons para você e para a sua imagem neste momento em que você está aí buscando uma oportunidade no mercado de trabalho”. Muitas postagens por dia
Continua depois do anúncio 
Outro fato bem comum nas redes, são aquelas pessoas que passam o dia inteiro fazendo posts. Esse, segundo a psicóloga, é outro comportamento que deve ser revisto. “Isso pode passar uma imagem de gente que não tem o que fazer. Verifique também se  de repente você pode estar com uma certa dependência das redes sociais. Cuide  porque elas viciam”. A psicóloga observou que tem gente que busca preencher sua carência afetiva com likes curtidas e explicou como isso funciona no cérebro humano. “Você sabia que quando recebe um like ou uma curtida, isso te faz se sentir muito bem? Nosso organismo libera dopamina, que é um neurotransmissor que faz sentir prazer. O  cérebro detecta esse tipo de prazer e libera a dopamina. Quero dizer que aí você pode acabar ficando dependente desse retorno no mundo virtual. Esse é um alerta que serve para todos”.  Você pode revelar muito mais do que imagina nos seus posts
Continua depois do anúncio 
Cristiani destacou que os perfis nas redes sociais falam muito sobre os candidatos e sobre os internautas de forma geral. “As suas postagens mostram do que você gosta, sobre o que você pensa, em que assunto você se interessa e etc. Ao ver um anúncio de vaga cuide com seus comentários eles podem te ajudar ou te eliminar do processo”. Respondendo adequadamente a anúncios de vaga nas redes sociais  
Continua depois do anúncio
É muito comum, especialmente na região, interessados em vagas publicadas nas redes sociais comentarem coisas como “Me interesso”, “Eu quero”, “Me liga”, “Meu número é …” e outros. ” O ideal é o seguinte: veja no anúncio se existe um e-mail ou um site para se cadastrar. Não fica legal comentar ‘eu quero’ ou apenas deixar o seu telefone. Fica muito mais profissional se você preparar um bom currículo e enviar no e-mail escrito no anúncio ou se cadastrar no site que está ali no anúncio. Se de repente no anúncio está escrito para você comparecer na empresa, você deve  ir até empresa. Então sempre observe o que é que está sendo pedido no anúncio”. Saiba mais 
O que também não causa boa impressão
  1. Postar fotos mostrando o corpo ou com trajes íntimos, em situações incomuns ou constrangedoras. Se fizer questão de mostrar, deixe disponível apenas para os amigos.
  2. Pessoas que costumam contar os dias para acabar a semana de trabalho mostram ter mais foco em prazer, diversão e descontração do que aspiração na carreira.
  3. Pessoas que reclamam demais têm foco nos problemas. Quem tem mais atitudes positivas mostra foco na solução.
  4. Falar mal de concorrentes pega mal, ainda que a intenção seja defender a empresa onde trabalha. Além disso, pode parecer que o empregador está estimulando a crítica.
  5. Postar apenas conteúdos envolvendo a vida pessoal pode prejudicar a carreira, já que pode dar a entender que a pessoa não tem interesses profissionais.
  6. Falar mal do patrão e de colegas de trabalho, faltar do trabalho e no mesmo dia postar foto se divertindo, além de pegar mal, dão demissão por justa causa.
  7. Aquele “consumidor profissional” que reclama de tudo reflete a vida dele. Ser crítico com tudo prejudica o profissional em busca de emprego, pois se fala mal do transporte público, vai falar mal da empresa e do chefe.
  8. Pessoas que precisam expor sempre suas opiniões e que são voluntariosas devem deixar seus perfis abertos apenas para amigos.
  9. Não escreva o que você não falaria na rua ou cara a cara com alguém.
  10. É inadmissível ser preconceituoso, difamador e caluniador.
  11. Repense as postagens do que está sentindo no momento. Às vezes num dia ruim, expor a situação que te incomodou pode parecer imaturidade ou inflexibilidade.
  12. Cuidado com comentários sobre política e religião. Defender uma crença é totalmente normal, mas agredir ou ofender escolhas e posicionamentos de outros usuários é inaceitável.
VAGAS DE EMPREGO EM RIO NEGRINHO E SÃO BENTO DO SUL: onde consultar

CONFIRA as vagas da RH Brasil São Bento do Sul clicando no link: www.rhbrasil.com.br

BAIXE o aplicativo RH BRASIL na PLAY STORE clicando neste link : https://play.google.com/store/apps/details?id=com.rhbrasil.rhbrasil

Site Rio Negrinho Empregos  www.rionegrinhoempregos.org.br

SITICOM (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção e do Mobiliário de Rio Negrinho): Fone:  36442304/ Rua Roberto Martin, 186, no Centro/ Facebook: https://www.facebook.com/siticomrn/

Zipperer Recursos Humanos: Rua Senador Nereu Ramos, 85, no centro/ Fone: 36442525

SINE Rio Negrinho: Rua Paulo Boehm, 210, Centro (Antiga prefeitura), atendimento das 08h às 11h e das 13h às 16h30/ Fone: 3647 0406 Positiva Gestão de Pessoas: contate pelo fone 36333692 ou pelo Facebook, clicando no link abaixo: https://www.facebook.com/Positiva-Gest%C3%A3o-de-Pessoas-1286203598222517/
SINE São Bento do Sul: atendimento das 08h às 11h30 e das 13h às 16 horas. O telefone do Sine é 3647-0408 e 3647-0407 Site São Bento Empregos: acesse clicando no link: https://saobentoempregos.com.br/ CONTEÚDO ADICIONAL
Continua depois do anúncio 
ACOMPANHE OUTRAS REPORTAGENS DA SÉRIE COM A PSICÓLOGA AQUI NO NOSSO SITE, clicando nos links abaixo  https://nossasnoticias.com.br/2020/01/11/procurando-emprego-confira-as-dicas-da-psicologa-cristiani-oliveira-da-rh-brasil-de-sao-bento-do-sul/ https://nossasnoticias.com.br/2020/01/12/podcast-como-elaborar-um-curriculo-dicas-da-psicologa-cristiani-oliveira/  ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram