Nossas Noticias

Prefeitura anuncia limite de pagamento de horas extras, motoristas da Saúde questionam e Sindicato garante acompanhamento ao caso

RIO NEGRINHO. Um comunicado feito via grupo de whatsapp aos motoristas da Secretaria de Saúde fez com que os profissionais do setor questionassem medida da prefeitura e acionassem o sindicato da categoria nesta segunda-feira (25). De acordo com a mensagem, apresentada à reportagem por um servidor que procurou a reportagem do Nossas Notícias, neste mês a prefeitura pagará no máximo 60 horas extras aos motoristas da pasta e consequentemente a todos os servidores, conforme informou posteriormente ao Nossas o assessor de imprensa da administração, Fabiano Kutach.

Continua depois do anúncio 
Segundo ele, a limitação de pagamento é uma das ações para contenção de gastos que vale para toda a administração e no caso da Secretaria de Saúde em específico o pedido foi para que o trabalho dos motoristas seja otimizado. “De forma alguma é para se suspender o atendimento mas sim otimizá-lo apenas”, frisou. Kutach explicou ainda que a determinação é de que as horas-extras sejam pagas apenas para casos extremos e inadiáveis. Isso porque, segundo ele, neste ano houve uma queda bastante acentuada no orçamento, aliada à redução de repasses de governo do estado e governo federal. “Para que as contas da prefeitura possam ser fechadas no final do ano, uma série de medidas de contenção das despesas foram tomadas,incluindo a redução do horário e outras”. Servidor questiona
Continua depois do anúncio
O servidor que procurou a reportagem do Nossas Notícias para relatar seu descontentamento pediu para não ser identificado mas questionou se a prefeitura pode,legalmente, fazer banco de horas com os motoristas, pois o comunicado que o grupo recebeu diz que “o que se trabalhar a mais, será feito negociações para o próximo ano”.
Continua depois do anúncio 
Ele também questionou o fato de o corte estar sendo feito no pagamento dos servidores da pasta, que trabalham em vários turnos, muitas vezes começando já de madrugada. “Se você verificar no Portal da Transparência muitos que estão ganhando gratificação ou bonificação trabalham apenas no horário padrão. Daí eles não tem dinheiro para pagar a nós, que trabalhamos muito mais do que as horas normais”. O que diz a presidente do Sindicato 
Continua depois do anúncio 
Questionada pela reportagem do Nossas Notícias, a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Adriana Ribas disse que já havia sido procurada e que terá uma reunião com os motoristas na tarde de hoje.  Ela informou também que já teve acesso ao projeto de lei que rege o sistema de pagamento de horas extras e que está marcando uma reunião com os vereadores para debater sobre a legislação. 
Anúncios
 ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram