Economia

Secretário afirma: PIB de São Bento do Sul cresceu sete vezes mais que a média do país em 2018

|

SÃO BENTO DO SUL. Dados apurados pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo Adelino Denk demonstram um crescimento do PIB no município de São Bento do Sul que é sete vezes maior do que o crescimento registrado no mesmo período no país.

Os números foram apresentados por ele na manhã de hoje à equipe da prefeitura.

“Estes dados são muito importantes para termos uma leitura atual e compreendermos como e onde nosso município está se desenvolvendo”, disse. 

O secretário realizou uma análise conforme o movimento econômico de São Bento do Sul, levantando números e comparando-os.

2018 EM COMPARAÇÃO COM 2017

Continua depois do anúncio 

Os dados referem-se ao crescimento que São Bento do Sul gerou no ano de 2018, comparando com o período anterior, de 2017.

De acordo com Adelino, o PIB ao final de 2018 registrou uma estimativa de crescimento de 7,1% em relação ao ano de 2017.

“Isto significa dizer que nessa estimativa de análise do movimento econômico do município houve um acréscimo de R$ 212 milhões em nossa economia”, explicou.

Fazendo um comparativo com o mesmo período, o Brasil, de acordo com estimativa do IBGE, cresceu 1,1%, o que permite destacar ainda mais o crescimento verificado em São Bento do Sul.

SALDO POSITIVO DE EMPREGO EM 2018 E TAMBÉM EM 2019 ATÉ MÊS PASSADO 

Continua depois do anúncio 

Este crescimento repercute diretamente no saldo de empregos no município.

Totalizando todos os segmentos, indústria, comércio e serviços, São Bento passou do saldo negativo de -351 empregos em 2017 para o saldo positivo de 827 empregos em 2018, e agora em 2019, até o fechamento de setembro, este saldo já está em 993 empregos gerados.

“Estou muito confiante que este crescimento se manterá. O momento é muito bom, e teremos destacados índices de emprego aqui na cidade”, comentou. 

IMPACTO POSITIVO

Continua depois do anúncio 

Mas não é só nos empregos que o aumento do PIB impacta. Os diversos segmentos da economia do município sentem este impacto positivo do aumento do PIB.

Comércio

No comércio, por exemplo, houve um aumento de 47% no movimento econômico no ano de 2018 em relação a 2017.Este dado é fundamentado pelo aumento no saldo de empregos.

“Com mais pessoas trabalhando e produzindo, a economia toda se fortalece. O consumo aumenta, e o setor do comércio registra este crescimento”, reforçou Adelino.

Indústria

Na indústria, por exemplo, o crescimento geral foi de 13%. Nos segmentos mais tradicionais da indústria sãobentense, o de madeira e móveis registrou crescimento de 28% em 2018 com relação a 2017. Já no segmento metal mecânico (metalúrgico) este crescimento ficou na casa dos 50%.

Serviços

O segmento de serviços também registrou um expressivo crescimento no movimento econômico, fechando o período com 30,9% a mais do que no ano anterior.

A fração que cada segmento de mercado representa no movimento econômico do município no fechamento do ano de 2018 pode ser verificada da seguinte forma:

– Indústria = 68,82%

– Comércio = 20,44%

– Serviços = 8,83%

– Agropecuária = 1,91%

METAL MECÂNICO

Continua depois do anúncio 

“Em 2018 se considerarmos a fatia que cada segmento da indústria representou no geral, São Bento do Sul não foi a cidade dos móveis, e sim a cidade do metal mecânico”, ressaltou.

No segmento da indústria, as de móveis e madeira representaram 16,5% do total, e as indústrias de metal mecânico representaram 18,4%, consolidando este como o principal segmento econômico industrial no município neste período.

Após concluir o levantamento das informações o secretário Adelino Denk comentou sobre a importância de se trabalhar com estes dados.

“Temos aqui uma estimativa muito próxima do real em nosso município, e estes dados nos permitem avaliar a real situação de nossa economia, identificando áreas que podem se desenvolver mais, e outras que estão com sua recuperação consolidada e ainda evoluindo. Todos estes dados são importantes para o município pois é daí que posteriormente saem os resultados do que retornará ao município em termos de valores referentes aos impostos, por exemplo. Por isso é fundamental que acompanhemos de perto todos estes números”, concluiu.

Texto: Joberth Krause – MTB 4280SC – Assessoria de Imprensa PMSBS

Anúncios

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *