Nossas Noticias

Denúncia anônima em São Bento do Sul resultou em prisão de quadrilha em Joinville

REGIÃO. A Polícia Civil de Joinville, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) deflagrou nesta semana a operação “DIETA DE RISCO”, desarticulando um esquema de comercialização e distribuição de remédios proibidos, controlados e ilegais usado para emagrecimento. Foram cumpridos dois mandados de busca nos bairros Jarivatuba e Guanabara e três pessoas foram conduzidas para delegacia para interrogatório. Elas devem responder em liberdade por crime contra a saúde pública e tráfico de drogas.

Continua depois do anúncio
Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foram encontrados medicamentos sem registro no órgão de vigilância sanitária e outros sem licença no registro na ANVISA para serem comercializados no Brasil. O produto, chamado de bioslim, era comercializado a R$ 130,00 o frasco com trinta comprimidos e era vendido para todo Brasil.Na web, havia promoção para quem comprasse mais de uma embalagem e distribuição de amostras grátis.
Continua depois do anúncio 
O produto era oferecido como natural, contudo exames realizados pelo Instituto Geral de  Perícia de Joinville constatou a presença de sibutramina. A investigação que resultou no desmantelamento da quadrilha começou neste ano a partir de uma denúncia anônima recebida pela Polícia Civil de São Bento do Sul.
Continua depois do anúncio 
  No dia 7 de maio deste ano os policiais receberam a informação que a venda do medicamento estava sendo realizada em um salão de beleza de São Bento do Sul. A pessoa que fez a denúncia relatou que havia desconfiança com relação a composição do produto, tendo em vista que pessoas que estavam tomando o remédio vinham reclamando de sintomas como mal estar e taquicardia.
Continua depois do anúncio
Naquela ocasião os policiais foram até o salão de beleza e  a proprietária do estabelecimento forneceu voluntariamente duas cápsulas do medicamento para análise pericial de sua composição. Ela afirmou que o medicamento não era mais vendido no salão, mas disse que ainda o utilizava para controle de peso.
Continua depois do anúncio
Na sequência foi aberta uma investigação pela Divisão de Investigação Criminal de São Bento do Sul, que apreendeu mais uma quantidade do mesmo medicamento com outro vendedor na cidade. Todo o medicamento apreendido foi encaminhado para exame laboratorial pelo Instituto Geral de Perícias em Florianópolis, que identificou que na sua composição continham as substâncias clobenzorex, sibutramina, bupropiona e deazepam, que são substâncias consideradas psicotrópicas, causam dependência física e mental e a venda depende de receita médica controlada pela ANVISA.
Continua depois do anúncio 
Durante a investigação também foi identificado que a origem dos produtos era a cidade de Joinville, de onde começaram as investigações por parte da DIC daquele município.
Anúncio
     ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram