Nossas Noticias

Morador de Rio Negrinho, Jonas literalmente deu nova vida para um Fusca da década de 70

Fotos: Katia de Oliveira

Movido por sua paixão por veículos antigos, em especial o Fusca, o rio-negrinhense Jonas Krueger, de 33 anos, está montando em um galpão de 100 metros quadrados, projetado especialmente para abrigar vários modelos.

Dono de um Fusca 1977, ele contou à reportagem do Nossas Notícias o passo a passo para deixar o veículo como sempre quis: com a maioria possível de itens originais de fábrica.

“Comprei o Fusca todo desmontado e na época literalmente ‘juntei as moedas’ para comprar o carro, porque não queria tirar do orçamento da minha casa”, explica.

“Gastei cerca de R$ 6 mil na época em que comprei e aos pouco fiz ele de ponta a ponta, sempre com o objetivo de manter o padrão original. Não coloquei nada de ‘frescura’, nada de diferente”, detalhe.

Para isso, o veículo passou nada mais nada menos do que dois anos na oficina de Ernani Anton, no bairro Cruzeiro.

“Ele é um cara fantástico e quando mostrei o projeto e todas as peças que eu queria colocar, já que veio tudo desmontado, ele topou fazer”, diz Krueger.

“Foi o primeiro carro de placa preta que ele fez”, diz, a respeito das características do Fusca.

“A placa preta só é conferida para os veículos que tem acima de 80% de seus itens originais, mas eu conseguiu deixar meu Fusca 95% original”.

Para isso, ele contou que nesse período reuniu peças de Jaraguá do Sul (SC), Curitiba (PR), Joinville (SC) e São Paulo (SP), além de muitos ítens encontrados apenas na internet.

“Até a placa foi feita em São Paulo, na Confederação Brasileira de Carros Antigos”, relata.

“Meu pai sempre gostou de Fusca e aprendi muito com ele sobre como mexer no motor. Inclusive a mecânica dele toda eu faço, dentro das possibilidades e das ferramentas que tenho. É paixão pelo carro e por saber que fiz ele do meu jeito, após dois anos”, frisa Krueger, que ainda é dono de um Fusca 1970.

“Esse eu vou fazer para mexer, não para manter o padrão original”, adianta.

Jonas foi um dos expositores do Encontro Autos Antigos da Serra, que aconteceu em julho, na Promosul, em São Bento do Sul. Foi lá que a reportagem aqui do Nossas Notícias o conheceu e gravou um vídeo com mais detalhes, que você pode assistir clicando aqui.

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram