Nossas Noticias

Rio Negrinho: mais uma moradora relata ter sofrido golpe de vendedores ambulantes; delegado orienta população a tomar precauções ao fazer compras

RIO NEGRINHO. Mais uma moradora entrou em contato com a reportagem do Nossas Notícias para alertar a população sobre um golpe que sofreu de vendedores ambulantes. Assim como a outra seguidora, com quem publicamos a primeira matéria, ela também registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia.

Segundo o relato da denunciante, que mora no bairro São Pedro, por volta das 17h34 do dia 27 de abril, o motorista de um Gol G4 quatro portas preto parou em frente a sua casa, acompanhado de duas mulheres, que lhe ofereceram roupas de cama.

Ela então decidiu comprar  dois jogos de lençol por R$ 50,00 em dinheiro. Porém, uma das mulheres disse que o pagamento precisaria ser feito no cartão, para deixar a venda registrada.

A denunciante então decidiu pagar no cartão de débito, tendo digitado sua senha uma única vez. Mas no dia seguinte percebeu que logo após a compra dos lençóis, foi realizada em seu nome mais uma compra no seu cartão débito no valor de RS 2 mil.

O detalhe, conforme ela, é que a compra, feita sem ela saber, foi realizada na mesma máquina de cartão usada pela vendedora de lençóis.

Ela também contou que possui o extrato bancário e que perto de sua casa existem câmeras de segurança, nas quais buscará imagens que possam identificar os ambulantes e/ou a placa do veículo usado por eles.

De acordo com o delegado Rubens Passos de Freitas, até o momento há poucos casos desse golpe registrados na Polícia Civil.

Ele informou ainda que ainda não há suspeitos e que para o melhor andamento das investigações é importante que sejam informadas as placas dos veículos utilizados pelos acusados.

Freitas finalizou fazendo uma recomendação importante à população.

“Geralmente esses golpes acontecem por parte de pessoas que vem de fora e logo vão embora. Por isso é importante que se tome cuidado ao comprar qualquer coisa de pessoas de outros lugares, certificando-se de quem estão comprando e com quem de fato estão negociando”.

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram