Nossas Noticias

Campeonato de Xadrez reúne mais de 70 jogadores em Rio Negrinho neste final de semana

Neste final de semana, Rio Negrinho sediou a final do Campeonato Catarinense 66° Absoluto e 34° de Xadrez Feminino no Mak Center. O evento começou na quinta-feira (22) e seguiu até domingo (25), atraindo para a cidade 76 jogadores de outros municípios além de cerca de 40 pessoas que vieram como acompanhantes dos atletas.


Este foi o quarto evento de xadrez realizado na cidade desde maio deste ano e contou inclusive com a participação de mestres nacionais, campeões estaduais e campeões brasileiros além do número 1 do torneio, o Grande Mestre Everaldo Matsura, jogador de equipe olímpica. (Confira a classificação geral no final da matéria).
O evento teve apoio da Fundação Municipal de Esportes de Rio Negrinho, da prefeitura, da Federação Catarinense de Xadrez e da Confederação Brasileira de Xadrez e foi organizado pela Xadrez Educa, uma das organizadoras oficiais da Confederação Brasileira de Xadrez. 


A atividade reuniu enxadristas com idade entre 10 e mais de 70 anos, o que o professor Eduardo Quintana Sperb, da Xadrez Educa, destacou ser uma interação entre gerações. A empresa promove capacitações, organizações de eventos e treinamentos e conforme Quintana, a relação com Rio Negrinho começou porque o xadrez foi acolhido na cidade.


“Em maio nós tivemos um evento em Rio Negrinho, porque não houve liberação da atividade pela Vigilância Sanitária de São Bento do Sul. Porém, em Rio Negrinho fomos acolhidos e quando digo acolhidos é não só a Xadrez Educa mas também a Federação Catarinense e Confederação Brasileira de Xadrez. E aqui na cidade,  com o apoio da Fesporte, organizamos o primeiro evento e depois dele todos os outros eventos foram solicitados para Rio Negrinho. Promovemos aqui o I Festival Catarinense de Xadrez da Juventude, que reuniu cerca de 200 pessoas entre atletas e acompanhantes; o IRT de Xadrez Livre, com a participação de mestres e grandes mestres e agora a final do Catarinense Absoluto e Feminino”, contou Sperb à reportagem do Nossas Notícias.


“Em Rio Negrinho há um entendimento que entendo ser coerente, que é o de que o xadrez é uma modalidade completamente possível de ser realizada durante a pandemia. Isso motivou a parceria com a FME, que também está fomentando o turismo esportivo, atraindo dessa forma  pessoas de outras cidades e estados para Rio Negrinho. Sem contar que a Xadrez Educa tem expertise nesse tipo de eventos, fomos a primeira a realizar um torneio de xadrez em Santa Catarina neste pós pandemia. Viemos promovendo várias competições, seguindo todas as regras de prevenção ao Covid e até hoje não houve nenhum reporte com relação a contaminação pelo coronavírus em nenhum dos eventos que realizamos”. 


Ele destacou alguns diferenciais do jogo, bem como seus benefícios.


“O xadrez, com relação a parte competitiva é extremamente educacional. Ele se sobrepõe a qualquer outra modalidade, pois o jogador participa do início ao final da competição, já que  não existe uma eliminação simples ou dupla. Você joga sete partidas da mesma forma que o campeão, ou seja o que vai diferir o primeiro do último colocado é o número de vitórias, fora isso todos participam durante o jogo todo”.

Benefícios do xadrez

• Estimula o raciocínio lógico e o raciocínio matemático, • Estimula a facilidade do aprendizado de outras línguas, de acordo com pesquisas científicas na área pedagógica e competitiva• Estimula o  alto desempenho escolar e científico • “Penso que o xadrez, além de ser um esporte educacional, traz consigo todos os outros elementos de todas as outras modalidades esportivas”, salientou o professor

PRÓXIMO EVENTO

No dia 7 de agosto, a Xadrez Educa, com o apoio da Federação Catarinense e Confederação Brasileira promoverá em Rio Negrinho o Torneio de Xadrez Rápido, com premiação para crianças com até 8 anos, 10,12,14,16 e 18 anos, nas categorias masculino e feminino.
“O torneio terá uma duração curta, vai acontecer das 13h às 18h. Desde já convido toda a comunidade para acompanhar a atividade, pois além da premiação, quem jogar com certeza vai ter muito a aprender. Quem vier ou vai se aproximar para jogar ou pelo menos vai curtir só assistindo”.
 

CLASSIFICAÇÃO GERAL DA COMPETIÇÃO DESTE FINAL DE SEMANA

• Vinícius Blaskoski: bronze Sub 14/ FMD/AX São Bento do Sul
• Campeã Feminina: Mestra Nacional Julia Brunetto Rodio, do Clube de Xadrez Concordiense
• Campeão Absoluto: Grande Mestre Everaldo Matsura, do Xadrez de Timbó
• Valentina Hinke Dobrichiski: bronze Sub 16/ FMD/AX de São Bento do Sul
• Fabíola Campagnolo: 4° lugar feminino pela FMD/AX de São Bento do Sul 
• Bruna Campagnolo: prata Sub 14 pela FMD/AX, de São Bento do Sul
• Letícia Warginowski: prata Sub 18 pela FMD/AX, de São Bento do Sul 
• Aline Vitória Pereira: prata sub 16, pela FMD/AX, de São Bento do Sul
• Lívia Liebl: 14° lugar feminino
• Guilherme Alfredo Bueno de Oliveira: 21° lugar absoluto
• Donaldo Fischer Júnior: 36° lugar absoluto

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram