Nossas Noticias

Prefeitura de Rio Negrinho confirma nova morte por coronavírus e também primeira alta da UTI Covid na Fundação Hospitalar

RIO NEGRINHO. Mais uma morte por coronavírus foi registrada pela prefeitura de Rio Negrinho, através da Secretaria de Saúde nesta quinta-feira. Trata-se de um homem de 70 anos que estava internado na Fundação Hospitalar e faleceu durante a madrugada. Com este óbito, sobe para 64 o número de pacientes que não resistiram à doença. Na região, conforme boletim da Amunesc emitido na manhã desta quinta, foram 530 novos casos e 629 pacientes recuperados. Joinville havia registrado nove óbitos, além de outros dois em São Bento do Sul. Há 2.976 casos ativos na região. Além disso, Rio Negrinho contabilizou 31 casos positivos hoje, todos de exames feitos em laboratórios particulares. São 2.980 confirmações, 2.646 casos descartados e 2.707 pessoas recuperadas. 288 casos seguem em monitoramento, 209 pacientes estão em tratamento e existem 125 casos suspeitos na cidade. A Fundação Hospitalar atendeu 137 pacientes nas últimas 24 horas, sendo 45 deles com sintomas respiratórios. Na ala de isolamento Covid estão internados seis homens e quatro mulheres. Já na UTI, até a publicação deste boletim, os cinco leitos estavam ocupados. Primeira alta da UTI Covid em Rio Negrinho Mas a cidade também comemorou o fato de que após 24 dias de internação, um paciente de 60 anos foi o primeiro a ter alta da UTI Covid na Fundação Hospitalar. Natural de Campo Alegre, ele ficou nove dias internado na UTI e outros 15 dias na ala de enfermaria do hospital. A prefeita de Campo Alegre, Alice Grosskopf, agradeceu o empenho dos profissionais que atuam na unidade. “Hoje ficamos muito felizes com a notícia da primeira alta de paciente com Covid na UTI em Rio Negrinho, um filho da nossa amada Campo Alegre. Somos muito gratos e que Deus possa recompensar cada um de vocês”, frisou a prefeita. O prefeito Caio Treml, que também atua como médico na UTI, celebrou a alta do paciente. “Ele estava internado na UTI, aí foi para o quarto e hoje ganhou alta para poder ir para sua casa e família. Foram 24 dias de muito cuidado e superação”, comentou. Promoções

                                                           ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram