Nossas Noticias

Biomedicina: uma profissão muito promissora no Brasil, destaca profissional

Texto escrito por Adiajnye Leslye, colunista do portal Nossas Notícias. Contatos com a especialista podem ser feitos pelo fone: (47) 9.96322985[/caption]   Olá, olá! Sou Adiajnye Leslye, Biomédica. Tanto se houve falar sobre a biomedicina, mas a final a pergunta que não quer calar é: o que faz um biomédico? A Biomedicina é considerada uma profissão promissora. Está presente em mais de 20 países, e tem se destacado em muitas áreas. A classe conta com conselhos reguladores – assim como o médico responde ao Conselho Regional de Medicina (CRM), ou mesmo a enfermagem, que responde ao Conselho Regional de Enfermagem (COREN) – o Conselho Regional de Biomedicina (CRBM). Atualmente contabiliza aproximados 50 mil profissionais, e anos após ano, tem mais profissionais se formando, a todo vapor. No Brasil No Brasil, em São Paulo e Rio de Janeiro a profissão surgiu na década de 60, é considerada nova ainda. Passou por alguns processos de modificações curriculares, ganhando mais campos de atuação, até que então em 1979, foi regulamentada como profissão e reconhecida em lei para as devidas atuações profissionais. O primeiro objetivo da profissão “Biomédico” era a formação de profissionais que atuassem voltados à sala de aula (docência), como profissionais especializados nas disciplinas base no conhecimento de Medicina e Odontologia, para tanto, a profissão precisaria estar ancorada na pesquisa científica, e assim, o fez. A Biomedicina passou então a ganhar diferentes enfoques pelo mundo. Países como a Inglaterra, tem a Biomedicina como a base das pesquisas, se tornando uma das profissões mais respeitadas. Mundo a fora, pode ser identificada como “Biociências”, “Laboratório Médico e Tecnologia” ou ainda “Biomedical Science”. É no Brasil que o profissional de Biomedicina tem mais opções de áreas de atuação Embora se observe a profissão com esses diferentes destaques, é no Brasil que o Biomédico tem mais opções de áreas de atuação. Aqui, o profissional, tem opções de atuar com:

  • Acupuntura,
  • Análises ambientais,
  • Análises de alimentos,
  • Analises clínicas,
  • Auditorias de saúde,
  • Banco de sangue,
  • Biologia molecular,
  • Estética,
  • Na leitura de exames de citologia, que é caso de preventivos femininos (por exemplo),
  • Também pode atuar como pesquisador direcionado para as áreas de biofísica, embriologia, fisiologia, histologia humana, patologia, psicobiologia, virologia, genética (e um caso recente a ser reconhecido, é o da Biomédica Brasileira, Jaqueline Goes de Jesus que coordenou a equipe nas questões da pesquisa do COVID no Brasil)
  • Também pode atuar no desenvolvimento de medicações, como área de farmacologia
  • Atua como biomédico especializado em fisiologia do esporte
  • Nas áreas de gestão em saúde, informática de saúde, sanitarista, saúde pública, toxicologia, ou imagem, no caso de ultrassonografia, ou ainda radiologia
  • Pode atuar também nas pesquisas e desenvolvimento de vacinas, no caso da imunologia, ou ainda, microbiologia, parasitologia, hematologia que estão englobadas na própria patologia clínica
  • Pode atuar ainda no monitoramento neurofisiológico transoperatório, perfusão extracorpórea, nos casos de cirurgias delicadas, e também pode estar nas áreas de reprodução humana.
Uma profissão que não se limita A profissão não se limita. Mais recentemente conversei com um advogado que estava cursando biomedicina e sua área de atuação estava voltada a montar processos da área da saúde. A biomedicina está crescendo cada dia mais, e possibilita explorar áreas diferentes. São “N” exemplos da profissão ” Biomédica “, que podem ser citadas como exemplo. Para quem busca uma área que possa abraçar vários campos de atuação, aqui está a profissão. O Biomédico sai com a primeira habilitação e pode ir em busca de quantas mais quiser. Detalhe importante a ser lembrado é que o Biomédico está em toda linha de pesquisa, entende e pratica muitas coisas na área da saúde, inclusive ganha título de Doutor quando formado e regulamentado. Biomédico não pode clinicar como médico  Mas, é uma profissão que não pode clinicar, ou seja, consulta médica, é exclusiva de médicos. O biomédico compreende todos mecanismos de doenças, mas não pode clinicar ou tratar. É uma profissão que complementa no diagnóstico. Nossa região tem ótimas opções de cursos de Biomedicina, e eu sou suspeita em dizer, mas afirmo que é realmente uma profissão completa e só tenho a concordar que é, sim, promissora! P.S: Você pode conferir um breve currículo da colunista na imagem do início desta matéria! 😉]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram