Nossas Noticias

Novo LEO Club busca formar novas lideranças jovens em Rio Negrinho

RIO NEGRINHO. Desenvolver nos jovens habilidades de liderança e o espírito comunitário. Foi esse o mote que norteou a Festiva de Fundação do LEO Clube Selma Teixeira Graboski na noite desta sexta-feira (13) no auditório da escola, localizada no bairro São Rafael. O evento reuniu companheiros leões, domadoras, familiares dos novos Leos,  o governador Governador DG Gildo e Cal Geovana, professores, diretoras e demais colaboradores da escola. Como tudo começou O presidente do Lions Club Rio Negrinho, Osni Schroeder, deu as boas vindas aos novos LEOs e a diretora Alexandra Taborda Berti, contou a história da fundação do clube de serviços na escola. “Em 2019 começamos um projeto de formação de líderes com 60 jovens. Foi então que uma professora contou que o LEO Club de Rio Negrinho tinha um projeto para jovens. Fomos conversar com eles e nessa conversa o João Latocheski lançou a ideia da formação de um novo LEO. A partir daí começamos as tratativas para este grande passo para os nossos alunos e para a escola também”. Experiência que proporciona mudanças João, que cresceu em uma família de longa trajetória no Lions Club, também falou aos novos LEOs. “De toda minha experiência no LEO posso dizer que cada experiência que  vivemos no LEO muda o que a gente é. E isso não só entre os companheiros do clube mas com a nossa família, escola, trabalho… Vocês vão ficar muito satisfeitos em ver que ajudaram muitas pessoas e vão crescer muito com isso, com certeza”. Conexão Carlo Adriel Rotter, presidente do LEO Club Rio Negrinho, salientou o fato de que o clube de serviços, assim como o Lions, é mundial. “Há uma conexão entre companheiros do mundo todo e isso é muito forte. Vocês vão ver o quanto é significativo fazer parte de um movimento presente em todos os países, em uma grande corrente do bem”. “Faculdade” Artur Correa, que também tem uma longa história no meio leonístico, comparou o LEO a uma faculdade. “É uma analogia de um companheiro que me marcou porque é verdade. O LEO é uma faculdade, tamanho o conhecimento, o poder e a responsabilidade de vocês mudarem a sua realidade , do seu bairro e da cidade. Aproveitem  todas as oportunidades de aprendizado aqui!”, aconselhou. Emoção e oportunidades E quem se emocionou e emocionou os presentes foi Djalma Morceles, que aos 79 anos, falou sobre a emoção de em 41 anos de Lions, ver o segundo LEO Club ser fundado na cidade. Por fim, o governador discursou enfatizando a oportunidade dos novos LEOs se desenvolverem como lideres. O apoio da escola e da família na formação do novo clube também foi elogiado em todas as falas. A partir de agora os novos companheiros do LEO Club Selma Teixeira Graboski devem desenvolver vários projetos sociais e de aprimoramento, além de participar de atividades conjuntas com o LEO Rio Negrinho e com o Lions da cidade. Uma das primeiras será os Jogos da Família Leonística na Sociedade Musical, dia 4 de abril. Confira alguns flashes do evento! 

Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
   
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
Continua depois do anúncio
   ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram