Nossas Noticias

Cadela vítima de maus tratos, resgatada pela PM de Rio Negrinho passa bem mas continua muito assustada, conforme voluntários da ONG Povo de Assis

RIO NEGRINHO. A Polícia Militar resgatou na manhã desta sexta-feira (13), uma cadela vítima de maus tratos. A ação ocorreu depois de a PM ser acionada para ir ao local, onde encontrou o animal amarrado dentro da carroceria de um caminhão estacionado no pátio de um ferro velho.

Continua depois do anúncio
De acordo com os dados da ocorrência, a cadela estava extremamente debilitada e com sinais visíveis de maus tratos. Diante da situação, foi lavrado um boletim de ocorrência no qual o proprietário do imóvel responderá pelo crime de maus tratos a animal.
Continua depois do anúncio
O animal foi recolhido pelos Policiais, alimentado e entregue a instituição Povo de Assis pelo meio Ambiente, para posterior castração e disponibilização para adoção. Nossa reportagem conversou na manhã de hoje com Angelita Dufecke, uma das voluntárias da ONG. Ela e seu marido Carlos Martins acolheram a cadela em sua casa, que funciona como um lar provisório de animais abandonados e maltratados na cidade.
Continua depois do anúncio
A voluntária informou que a cachorra, que ainda não tem nome, ontem ficou em observação na clínica do veterinário Guilherme Tureck, onde foi medicada e desverminada. “De tão assustada, ela nem se mexia quando a pegamos no quartel. Lá os policiais já tinham inclusive alimentado ela”.
Continua depois do anúncio
De acordo com Angelita, a cachorra continuará a receber todos os cuidados necessários para se recuperar dos maus tratos para ser castrada depois que estiver mais forte. O processo, conforme ela, deve levar em torno de dois a três meses. “Ela continua a tomar um suplemento vitamínico. Passou bem a noite, apesar de muito assustada. Se alimenta bem e isso vai ajudar em muito a recuperação dela”, informou a voluntária no início da manhã de hoje.
Continua depois do anúncio
Interessados em conhecer e ajudar a ONG Povo de Assis pelos Animais e Meio Ambiente podem entrar em contato pelo fone/whats: (47) 9.99571997. A ONG realiza também dois eventos neste sábado, conforme segue abaixo.
Anúncios
   ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram