Nossas Noticias

Rio Negrinho terá ônibus com elevador para deficientes, adianta gerente da Transtusa na cidade

RIO NEGRINHO. Nas próximas semanas chegará à cidade um ônibus com elevador adaptado para o transporte de deficientes. A informação foi confirmada à reportagem do Nossas Noticias na tarde desta sexta-feira (14) por Arlex Costa, gerente operacional da Transtusa, empresa responsável pelo transporte público no município. Ele explicou que o veículo está passando por uma revisão em Joinville (SC) e seu envio num primeiro momento foi motivado a partir da necessidade de uma criança que mora no bairro Cruzeiro mas poderá ser utilizado por todos os que precisarem.

Continua depois do anúncio 
“A questão é que para que a pessoa deficiente suba ou desça do ônibus é necessário que haja um local plano para que o elevador possa se movimentar correta e seguramente. No caso dessa menina do Cruzeiro, a casa onde ela mora permite que isso seja feito, o que não acontece em outros locais devido ao fato de Rio Negrinho ter muitos morros e desníveis nas vias. Nessas situações, o melhor seria que as pessoas com deficiência tivessem quem as acompanhasse e auxiliasse a subir e descer do ônibus. Mas de qualquer forma, sempre que possível nossos colaboradores podem ajudar”. Costa falou também que para que o ônibus com o elevador possa operar devidamente, o correto seria que todos os pontos de ônibus fossem reformados, passando a ter os mecanismos de acessibilidade necessários.
Continua depois do anúncio 
A construção e reforma desses pontos, segundo ele,  é responsabilidade da prefeitura e deve ser implementada futuramente em função do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) da Acessibilidade, firmado entre a administração e o Ministério Público em outubro do ano passado. Arlex falou que o ônibus não vai circular na cidade da mesma forma que os outros veículos.
Continua depois do anúncio 
“Esse ônibus ficará no Terminal, à disposição de todos os que precisarem. Para que não haja tumulto, pedimos que os usuários avisem com antecedência quando precisarão ser transportados. Daí então vamos substituir o ônibus sem elevador pelo ônibus com elevador na linha que tiver sido solicitada”. O gerente lamentou a baixa demanda no uso do transporte público e disse que a empresa já recebeu pedidos para extensões de linhas da cidade, porém sem êxito.
Continua depois do anúncio 
“Recentemente atendemos a um pedido de extensão de linha no bairro São Rafael. Os   moradores garantiram que se a mudança fosse feita teríamos em torno de 50 passageiros a mais. Porém, o ônibus está percorrendo uma distância maior para transportar uma pessoa”.  Segundo Arlex, neste ano encerra-se o período de contrato da empresa com a prefeitura, vencido por licitação. “Ganhamos para 15 anos e conforme o tratado, a renovação é automática por outros 15 anos, com exceção para o caso de a Transtusa não querer continuar suas operações na cidade. Mas a perspectiva é de continuarmos, sim”.
Anúncios
     ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram