Nossas Noticias

Afastado pela Justiça, Secretário de Obras de São Bento do Sul deve retomar cadeira na Câmara de Vereadores

SÃO BENTO DO SUL. Por volta das 10h40min da manhã de hoje o informativo da Liberdade FM já informava, sobre a decisão da justiça em impedir que Paulo Zwiefka (PSB) se aproxime da secretaria de obras. De acordo com informações a retirada de Paulo do local teria que ser na hora, sob pena de ser emitido ordem de prisão, o que não houve necessidade.

Continua depois do anúncio
Na manhã desta terça-feira (23) o Ministério Público determinou o afastamento do secretário de obras de São Bento do Sul, Paulo Zwiefka (PSB). O afastamento do cargo se dá em função às investigações que também envolvem o vice-prefeito Márcio Dreveck, que está recolhido no presidio de Mafra. De acordo com a reportagem da Liberdade que manteve contato com o secretário afastado, que também é vereador em São Bento do Sul. Segundo ele, vai se orientar juridicamente para definir se poderá retornar ao cargo de vereador, onde é titular na Câmara Municipal.
Continua depois do anúncio
O secretário afastado apenas comentou que a decepção com a política e os acontecimentos recentes o levam a se questionar sobre o que vale a pena na vida. “Realmente, a gente precisa rever se vale a pena continuar na lida política enfrentando situações como estas que estão acontecendo sem dever absolutamente nada”, disse. Em caso do vereador poder retomar sua cadeira na Câmara Municipal, o suplente Daguimar Nogueira (PSB) deixaria o parlamento. Paulo Zwiefka foi o terceiro vereador mais votado nas eleições de 2016 com 3,06% e 1.406 votos.
Continua depois do anúncio
Como a Câmara de Vereadores é poder independente Zwiefka pode retornar para o Legislativo, já que a justiça pediu somente afastamento da secretaria de obras Zwieka obteve R$1406 votos e vinha respondendo pelo setor de obras Terceiro mais votado Paulo Zwiefka foi o terceiro vereador mais votado nas eleições de 2016 com 3,06% e 1.406 votos. Como a Câmara de Vereadores é poder independente, Zwiefka pode retornar para o Legislativo, já que a justiça pediu somente afastamento da secretaria de obras. TEXTO: DIMAS DE FREITAS
Anúncios
     ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram