Nossas Noticias

Mulher autora de perturbação em posto de combustível de São Bento do Sul responde Termo Circunstanciado e tem carro guinchado pela Polícia Militar

SÃO BENTO DO SUL. No início da noite de domingo (30), pessoas que estavam sendo perturbadas pelo som alto vindo de um veículo, que estava em um Posto de Gasolina às margens da Rodovia Deputado Genésio Turek acionaram a Polícia Militar, que registrou Boletim de Ocorrência autuou a proprietária e condutora, que teve o veículo guinchado.

Continua depois do anúncio
Tudo começou quando a Polícia Militar atendeu ocorrência perturbação do trabalho ou sossego alheios no Bairro Dona Francisca, São Bento do Sul-SC por volta das 19h30. Os policiais militares que se deslocavam para a ocorrência conseguiram ouvir claramente a aproximadamente 250 metros antes do endereço que foi informado os ruídos sonoros tipo som automotivo.
Continua depois do anúncio
Fato este confirmado quando chegado no local, som este que era produzido pelo aparelho automotivo de um veículo Chevrolet Corsa de São Bento do Sul. No local foi conversado com uma mulher que se identificou como proprietária do veículo que estava com som alto. Segundo ela, pessoas que se encontravam no local que levantaram o volume.
Continua depois do anúncio
Quando as guarnições iniciaram a abordagem e a revista pessoal nos que ali se encontravam, a proprietária do veículo se recusou a acatar as ordens emanadas pelos policiais militares e disse: “Sou estudante de direito e não podem fazer isso. Isso é uma vergonha, não acho isso certo. Não vou colocar a mão na cabeça.” Sendo possível contê-la apenas após várias ordens verbais. Após abordagem foi conversado com a mulher que se prontificou a desligar o som e lavrado então o auto de infração (usar no veículo equipamento sonoro com frequências acima do permitido).
Continua depois do anúncio
A condutora recusou o teste de alcoolemia e foi lavrado então outro auto de infração de trânsito por recusar-se a submeter a qualquer dos procedimentos previstos no Artigo 277 do CTB. Além disso, ela teve a CNH  recolhida e também o seu veículo, por não apresentar condutor habilitado, nem sóbrio no local. Na sequência a guarnição conversou com testemunha, e esta relatou que desde as 14:00 horas do mesmo dia pessoas estavam fazendo baderna e algazarra com som automotivo, (fato este registrado por vídeo do celular) impedindo de descansar ou até mesmo ver televisão, relato este também confirmado e repetido por outra  pessoa moradora do local, que também afirmou que a vários fins de semana o mesmo fato se repete.]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram