Nossas Noticias

Comandante dos bombeiros em Rio Negrinho alerta para cuidados com armazenamento de inflamáveis e acúmulo de materiais em casa e nos chamados “ranchos”

Responsável pela corporação do Corpo de Bombeiros de Rio Negrinho, o comandante João Ricardo Prochmann, fala sobre cuidados no armazenamento e quais objetos e materiais não devem ser guardados dentro de casa.

“Aqui a chamada de atenção vai para o armazenamento de ítens com alta carga de fogo e/ou inflamáveis”, explica.

“O ideal seria manter guardado em algum ‘rancho’ ou local separado da casa, materiais como tintas, vernizes, combustíveis e produtos químicos em geral. Já no caso de pessoas por exemplo, que precisam muito armazenar combustível, como quem mora no interior, por exemplo, a dica é fazer o armazenamento em recipientes corretos”, comenta ainda.

Para evitar acidentes a principal dica é não armazenar combustível em recipientes como embalagens “pet”.

“Existem galões normatizados que garantem a segurança do líquido. Ainda é importante ter muita atenção de armazenar em local longe de qualquer fonte de calor, de preferência sem incidência de luz solar e em local arejado”, orienta.

“Quartinho da bagunça”

Sobre o chamado “quartinho da bagunça”, dentro de casa ou nos fundos, ele atenta que a recomendação é para que sempre, na tentativa de evitar que um incêndio se inicie, não se dê chance ao acaso.

Nesses locais, muitas pessoas costumam guardar roupas, cortinas, roupas de cama, almofadas, travesseiros, móveis, livros e outros papéis, por exemplo.

“Por isso, onde temos bastante materiais com carga de fogo, como esses e outros, que queimam rápido e fácil, o cuidado sempre deve existir”, sugere.

“Ainda nesses casos o cuidado deve ser ainda mais alto, pois em um incêndio, a proporção que esses materiais tomam é muito maior e mais rápida. Afastar tudo isso de qualquer fonte de calor e manter essa ‘bagunça’ organizada, são dicas úteis para quem necessita armazenar diversos ítens”, explica ainda o responsável pela corporação rio-negrinhense.

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram