Nossas Noticias

Construção da UPA 24 horas deverá começar em breve, anuncia prefeitura de São Bento do Sul

SÃO BENTO DO SUL. A prefeitura informou em suas redes sociais que após a finalização dos trâmites burocráticos da licitação da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, a empresa TLC Engenharia foi homologada e será responsável pela construção do novo espaço.

O valor definido foi de R$ 8,2 milhões e agora, o prefeito Antonio Tomazini poderá realizar a assinatura de ordem de serviço para o início dos trabalhos. O ato deverá ocorrer na próxima semana.

Segundo o prefeito, é algo que demonstra todo o esforço em poder oferecer um local para atendimento 24 horas à população, pensando também em situação de urgência e emergência.

“Desde o início da gestão, trabalhamos para correr atrás de recursos e no desenvolvimento do projeto para a UPA. A nova unidade irá beneficiar a população geral e fico muito feliz que este projeto sairá do papel após anos de espera da comunidade. Todo esse empenho irá refletir na qualidade e melhor serviço de saúde ao cidadão são-bentense”, destacou.

De acordo com o secretário de Saúde, Marcelo Marques, a UPA será mais uma possibilidade para suprir as demandas de atendimentos à população.

“Desde que iniciamos com o atendimento em livre demanda em cinco unidades de saúde do município, conseguimos desafogar o atendimento no Hospital Sagrada Família. Esse modelo de gestão é justamente pensando no presente e também no futuro, pois poderá ser implantado na nova Unidade de Pronto Atendimento”, explica Marcelo.

Projeto do novo espaço

A UPA ficará localizada na rua João Pauli, no bairro Colonial, no antigo condomínio empresarial.

Serão mais de 1.600 metros quadrados de área construída que contemplam: sala de espera; sala de cirurgia; sala de curativos; sala de raio-x; sala de observação; sala de distribuição de medicamentos; banheiros com acessibilidade; sala de urgência; posto de enfermagem; depósitos e almoxarifado; refeitório para os funcionários; vestiário; sala de atendimento social; consultório médico; sala de administração e direção; área de esterilização; recepção; sala de inalação; sala de observação pediátrica, sala de observação adulta; quartos de plantão; sala de ECG; sala de gesso e redução de fraturas; sala de higienização; posto policial; estacionamento público; área coberta para serviço funerário e acesso para ambulância.

O projeto foi desenvolvido pela equipe da Secretaria de Planejamento e Urbanismo e Secretaria de Saúde, em parceria com a Amunesc, e, foi aprovado pela Vigilância Sanitária do Estado.

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram