Nossas Noticias

Projeto esportivo que atende crianças carentes do bairro Barro Preto, em Rio Negrinho, busca apoio para manutenção das atividades

RIO NEGRINHO. Tirar crianças e adolescentes de caminhos errados e ao mesmo tempo oportunizar que eles desenvolvam suas habilidades esportivas através do futebol. Esse é o propósito de um projeto desenvolvido com crianças carentes do bairro Barro Preto através de um grupo de voluntários. Rafael Alves, um dos integrantes do projeto, explica que o trabalho teve início em 2009, visando atingir através do esporte, a população infantil e adolescente do bairro e arredores. Ele falou ao Nossas Notícias sobre as atividades realizadas e a busca por apoio para a manutenção do projeto. Ele explica que o grupo conta com um espaço cedido através do Clube do Caneco, onde praticam futebol nos finais de semana e também tem a possibilidade de realizar o projeto com as crianças. “Realizamos o projeto no Clube do Caneco, mas o espaço está para ser loteado aí ficaremos sem local”, comenta Alves. “Estamos lutando para arrumar nossa cancha de areia, mas existe um abandono de muitos anos, o que é uma vergonha. O importante é que continuemos com nosso projeto cuja intenção é livrar nossas crianças de andar no mau caminho, sendo uma das melhores formas para isso o futebol”, cita ainda. O projeto, que conta ainda com o apoio de uma professora de educação física, além de outros parceiros, atende cerca de 30 alunos de sete a 15 anos. As atividades retornaram há duas semanas. “Sabemos que não mudaremos o mundo, mas sinto que cada um fazendo um pouquinho, no final teremos uma boa soma”, acredita Rafael. Ele explica que o projeto está aberto para receber mais crianças e detalha que a participação está vinculada a doação de um quilo de alimento. “Esse alimento é sempre para ajudar um próximo”, cita ainda. “Nossa intenção é sempre poder fazer alguma melhoria para o futuro”, completa. Quem tiver interesse em saber mais sobre o projeto, participar ou mesmo contribuir com a manutenção das aulas poderá entrar em contato diretamente com Rafael através do fone (47) 99237-9354. “Nossa maior dificuldade é sempre o material esportivo, bolas, cones”, refere-se ele aos materiais aceitos para o projeto. Promoções  

                                                                                           
   
                                                                                                         ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram