Nossas Noticias

Divergência dos números de óbitos Covid em Rio Negrinho: confira o que dizem o cartório de registro civil, o hospital e a prefeitura sobre o que motiva a situação

RIO NEGRINHO. O seguidor Ariley Jungles entrou em contato com nossa reportagem para questionar o motivo pelo qual existem divergências entre os números de casos e principalmente de óbitos Covid apresentados pelo site oficial da Prefeitura de Rio Negrinho com os registrados no Cartório de Registro Civil aqui da mesma comarca. Jungles atenta para o fato de que enquanto Rio Negrinho contabiliza 86 mortes até este domingo (16), segundo a prefeitura, o Registro Civil informa que são 93 óbitos no mesmo período, conforme você pode conferir clicando aqui   e escolhendo a opção por Santa Catarina e Rio Negrinho. Para esclarecer a situação, nossa reportagem conversou com Fernanda Wutke Moreira, oficial do Registro Civil de Rio Negrinho, que explicou como a entidade informa a Central Nacional de Registro Civil acerca dos falecimentos. Essa central é que serve de base de dados para o portal da transparência de Registro Civil de todo o país. Segundo ela, o prazo para que a família faça a comunicação de óbito, bem como a opção por fazer o registro na cidade onde a pessoa morreu, mas não necessariamente onde resida, podem contribuir para a divergência entre os quantitativos apresentados pela prefeitura e portal de transparência dos cartórios. [caption id="attachment_52493" align="alignnone" width="300"] Foto: Edson Frankowiak[/caption] “A família tem um prazo de até 15 dias para registrar o óbito. O atestado de óbito é um documento que vem assinado pelo médico que indica a causa da morte e o registro civil apenas faz o registro desse óbito”, explica. Ela acredita que esse intervalo pode fazer com que óbitos ocorridos em um mês possam vir a ser contabilizados apenas no seguinte. Ainda de acordo com Fernanda, cabe ao Registro Civil fazer o registro do óbito das pessoas que residem na comarca ou que tenham vindo a óbito nela, ou seja, uma pessoa de outra cidade, mas que por algum motivo tenha vindo a óbito em Rio Negrinho, poderá ter seu registro efetuado no município. A oficial ainda explica que o cartório envia mensalmente para a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, um relatório com o número de óbitos registrados no município. Prefeitura afirma que dados estão corretos Nossa reportagem também entrou em contato com a prefeitura de Rio Negrinho que afirmou, através de sua assessoria de comunicação, que os dados referentes aos óbitos Covid estão corretos e que inclusive a Secretaria Municipal de Saúde realizou uma nova leitura dos dados, visando identificar as divergências ocorridas também com os números do Estado. Segundo a assessoria, a Fundação Hospitalar teria deixado de informar alguns óbitos, mas que tal situação já foi resolvida. Contudo, em consulta ao painel de casos do Estado, conforme você pode conferir aqui (clicando aqui), a diferença entre os números de óbitos informados pela prefeitura (86) e o Estado (65) é de 21 registros. O que diz o hospital Também procurado por nossa reportagem, o diretor do hospital, Cláudio Marmentini, confirmou a versão da prefeitura. “Realmente os óbitos iniciais não foram alimentados no sistema, pois ele não estava disponível para nós. Já estamos regularizando os que ocorreram no nosso hospital. Já fizemos o levantamento e agora estamos lançando no sistema. Ainda falta lançar alguns pacientes, pois temos que confirmar todos os dados para não ter inconsistência”.  Secretaria de Estado de Saúde  Nossa reportagem também contatou a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde, através de sua assessoria de imprensa. Como retorno, foi pedido que enviássemos um e-mail formal com os questionamentos relativos à divergência dos números. Assim que obtivermos um retorno, publicaremos aqui. Promoções

                                                                                             
   
                                                                                                         ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram