Nossas Noticias

Professora rio-negrinhense Márcia Cristofolini é destaque em concurso de poesias da Academia de Letras do Brasil de Santa Catarina

RIO NEGRINHO. A Academia de Letras do Brasil Seccional Rio Negrinho, através da imortal Márcia Cristofolini, foi destaque essa semana com a divulgação do resultado do concurso de poesias encabeçado pela Academia de Letras do Brasil de Santa Catarina. Professora do Colégio Caminho do Saber, Márcia Cristofolini falou à reportagem do Nossas Notícias sobre o resultado de destaque e o amor pela escrita. Ela conta que desde a criação da Academia de Letras em Rio Negrinho, ainda em 2018, começou a se interessar em participar dos eventos relacionados a entidade. A primeira oportunidade surgiu em 2019, quando ela recebeu o convite da Academia para participar da antologia “Mulher Destaque”. “Me interessei em fazer o texto e esse texto acabou publicado no livro da editora Despertando Talentos, a partir da organização do professor Miguel João Simão, que é o presidente da Academia de Letras de Santa Catarina”, cita. No ano passado Márcia participou novamente do projeto, que por causa da pandemia, teve como título “Olhares de Saudade” , com a proposta de escrever uma poesia, não sobre a pandemia em si, mas sobre a forma pela qual passamos a viver. A publicação está disponível tanto na Academia de Letras de Rio Negrinho, quanto na biblioteca municipal. “Sempre me interessei em participar. Acredito que a literatura tem que ser mais divulgada, mais trabalhada”, conta Márcia que pelo terceiro ano consecutivo recebeu o convite para participar do projeto realizado em todas as academias de Letras do Estado. A antologia desse ano é “Mãos que marcaram nossa vida” e segundo Márcia é bastante aguardado, pois se trata de um trabalho rico e resultado de muita pesquisa. Concurso Logo após a terceira participação nas antologias, a professora encarou um novo desafio e se inscreveu para participar de um concurso promovido também pela Academia de Letras do Brasil de Santa Catarina. “Escrevi várias poesias, vários textos, e não chegava a um ponto comum. Foram várias semanas tentando escrever. Acabei mandando com a intenção de participar, não com intuito de vencer, de ter colocação, mas também para levar o nome da Academia de Rio Negrinho para todo o estado”, descreve. “Essa semana o professor Miguel Simão mandou o quadro da colocação no grupo da academia com a colocação que obtive”, cita Márcia. A professora ficou com a 14ª colocação, com “O soar da gratidão”. No total, 20 escritores de de Santa Catarina, foram classificados para ter suas poesias impressas em uma obra lançada pela Academia de Letras do Brasil de Santa Catarina. Ela explica que esse livro mais recente deverá ganhar uma noite de autógrafos, provavelmente apenas em agosto de 2022, tendo em vista que geralmente um evento por ano é agendado pela academia estadual. “A participação é bem bacana, a organização do trabalho, através do professor Miguel Simão e da Editora Despertando Talentos, é tudo muito bem organizado”, elogia. Legenda da foto: Em 2019 Márcia recebeu a premiação de Miguel Simão, juntamente com as madrinhas Alba da Rosa Vieira, Aline Zucatti e esposa de Miguel. Legenda da foto: Professora rio-negrinhense teve poesias publicadas em 2019 e 2020. Legenda da foto: Trecho da poesia de Márcia Cristofolini publicado Promoções

                                                                                                 
   
                                                                                                         ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram