Nossas Noticias

Sindicato comemora aprovação de lei para agentes de comunitários de saúde e agentes de combate às endemias mas lembra que tem outras reivindicações em prol dos servidores municipais de Rio Negrinho

RIO NEGRINHO. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais comemorou o fato de na semana passada, os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias terem tido uma conquista com a aprovação, por parte dos vereadores, do projeto de lei que estabelece o piso salarial da categoria. Conforme a presidente Adriana Ribas, o projeto segue determinação federal, que estabelecia o valor, mas que não era seguido desde 2020. A lei nacional instituindo o piso foi publicada em junho de 2014. “Porém, em um primeiro momento, o município não repassou o valor, o que ocorreu apenas em 2015, após o Sindicato entrar com uma ação judicial. Desta forma, até 2019, as agentes receberam o piso corretamente, devido ao reajuste salarial da data base. Isso mudou em 2020, quando o piso foi para R$ 1.440, sem ocorrer o repasse aos funcionários”, relembrou em publicação oficial do sindicato. De acordo com o sindicato, neste  ano, em janeiro, o piso aumentou novamente, chegando aos R$ 1.550 atuais, que passarão a contar na folha de pagamento dos servidores a partir de maio. “É mais uma vitória da classe e de todos os agentes comunitários que lutaram muito para receber este repasse que é de direito”, enfatizou. Adriana declarou ao Nossas Notícias que esta é uma conquista do sindicato e dos servidores, tendo em vista que a reivindicação já estava na pauta de negociação salarial do sindicato. “Além dessa reivindicação que foi atendida, temos ainda as do piso nacional do magistério, a equiparação do piso municipal ao piso estadual e a reposição salarial para todos os servidores, dentre outras”, citou. Adriana finalizou parabenizando o vereador Maneco Alves, que conforme ela esteve com o sindicato e as agentes comunitárias participando de uma reunião com o prefeito Caio Treml, em janeiro deste ano. “Também agradecemos a todos os vereadores que foram favoráveis ao projeto”. Promoções

                                                                                                 
   
                                                                                                         ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram