Nossas Noticias

Flávia Vicente questiona prefeitura sobre galeria e pavimentação da Rua do Sapo e aplicação dos recursos do Fundeb em Rio Negrinho

RIO NEGRINHO. Dois requerimentos propostos pela vereadora Flávia Vicente (MDB) deverão ser discutidos e votados na próxima sessão da Câmara, que acontece na segunda-feira, dia 26. Os documentos cobram informações a respeito da pavimentação na rua Jorge Lacerda e também sobre a destinação de recursos do Fundeb. No primeiro requerimento a parlamentar sugere estudos de ampliação da galeria de esgoto e pavimentação asfáltica na rua Jorge Lacerda, a rua do sapo, uma das principais vias de acesso aos bairros Cruzeiro e São Rafael. Ao Nossas Notícias ela falou sobre o fato de que em dias de chuva a rua facilmente fica alagada já que o escoamento da água é insuficiente, causando transtornos para quem trafega e reside no local. “É uma situação que se arrasta por anos e os moradores questionam porque não é mexido no local, qual o problema”, cita. A parlamentar comentou sobre as intervenções que vem sendo feitas na área central, em especial na rua Carlos Weber visando dar melhor escoamento da água pluvial, ação que irá trazer melhorias também para a rua Willy Jung. “Se pode melhorar nessa vias, porque não poderia melhorar na rua do sapo?”, indaga. “Toda vez que chove a rua do sapo é uma das mais prejudicadas, por isso queremos uma resposta sobre o que o Samae ou a prefeitura tem a dizer”, disse ainda. Recursos do Fundeb A vereadora ainda assina requerimento que cobra da prefeitura, informações referentes ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) tendo em vista saber quais valores encontram-se em caixa e no que os mesmos serão aplicados. Flávia explica que o documento leva em conta uma reunião realizada entre vereadores e alguns professores ainda em janeiro deste ano, oportunidade na qual o grupo questionou os parlamentares sobre qual seria a destinação dos recursos do fundo. “Eles querem saber o que será feito com os valores. Qual valor ficou em caixa e onde vai ser utilizado esse recurso, se já existe um destino, se será nas escolas, ou se haverá uma fatia para os professores”, explicou.   Promoções

                                             ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram