Nossas Noticias

Casal rio-negrinhense compartilha experiências sobre turismo, culinária e curiosidades da Espanha no Instagram

RIO NEGRINHO. Luana Minetto Tavares e Jonathan Roberto Tavares são rio-negrinhenses, mas desde 2018 resolveram mudar de hábitos, de cidade, país e até continente. E o destino escolhido foi Valência, um dos maiores centros da Espanha. De lá, os dois compartilham pelas redes sociais as experiências de vida que vem tendo nos últimos três anos. Luana falou um pouco sobre a rotina, os desafios e as expectativas no país hispânico ao Nossas Notícias nesta semana. “Somos de Rio Negrinho, mas estamos residindo na terceira maior cidade da Espanha. Recebemos o convite de uma tia minha que vive há mais de 14 anos aqui. Organizamos tudo em questão de quatro meses. Era uma chance única e tínhamos que aproveitar”, explica. Ela conta que atualmente está de férias mas já trabalhou em muitas profissões desde que chegou a Espanha. “Imigrar não é algo fácil e muito menos arrumar emprego na área que desejamos. Já vivi várias experiências desde limpeza de casas, babá particular, cuidadora de idosos e assim por diante e meu marido atualmente trabalha de jardineiro”, conta. “Criei no Instagram o perfil ‘Espanha com outros olhos ( clique aqui para acessar )  porque muitas pessoas conhecidas da minha região me perguntavam como era a comida, os costumes, as curiosidades. No perfil, conto a real vida do imigrante, o lado bom e o lado ruim de imigrar para um país novo”, diz Luana. Além de falar sobre curiosidades, costumes e gastronomia, o casal também dá dicas e detalhes a partir das viagens que realiza dentro da Europa. “Fico feliz demais em poder compartilhar isso com meu povo”, diz ela. Adaptação Luana lembra que os primeiros meses no país europeu não foram muito “legais”, pois a rotina é muito diferente da brasileira. “Estranhamos muito a rotina. O fuso horário é de cinco horas de diferença, então a gente demorou dias para se acostumar”, revela. “Os horários de comida são bem diferentes também. O almoço deles é às 14 horas e a janta às 21h30h. Além disso, eles costumam fechar o comércio todo às 14 horas e tiram a famosa ‘siesta’ que é um cochilo”, detalha. “Tudo fecha nesse horário e é proibido fazer barulho, o momento é sagrado e o comércio abre às 17 horas normalmente”, completa. Hábitos e novo idioma A rio-negrinhense conta que coelhos, caracóis e a famosa paella, são as comidas típicas bastante prestigiadas da Espanha e que os bares do país são os lugares onde você encontra famílias, crianças e idosos. “Aqui é o lugar para relaxar, tomar um café cortado e ler o jornal”, cita ela. Além do fuso horário, Luana conta que o novo idioma também trouxe dificuldades ao casal no início. Segundo ela, ao mesmo tempo que português é parecido com o espanhol, ele é totalmente diferente. Saudade da família e futuro Luana comenta que a saudade da família é algo que realmente parte o coração, e que ver os sobrinhos crescendo por videochamada não é a mesma coisa que poder sentir o cheiro deles. Ainda assim, ela admite que toda escolha tem suas consequências e assim a vida segue. “Queremos ter nosso filho aqui, vemos a cada dia que a Espanha é o melhor lugar para construir nossa família. Somos apaixonados por esse país, a qualidade de vida é inexplicável”, cita ela. Segundo ela, também a saúde e a segurança foram os fatores que influenciaram o casal a ficar. De princípio os planos não incluíam viver definitivamente na Espanha porém tudo mudou e hoje o país europeu é o novo lar, como eles mesmo definem.   Promoções

                                                           ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram