Nossas Noticias

Escola Luiz Bernardo Olsen, de Volta Grande, comemora hoje 67 anos de atividades em Rio Negrinho

RIO NEGRINHO. A Escola Luiz Bernardo Olsen comemora hoje 67 anos de atividades em Volta Grande, no interior da cidade. Mais do que uma simples escola, a história da instituição se mistura com a história do desenvolvimento da cidade, já que o local foi sendo ampliado na medida em que a atividade industrial do município foi se fortalecendo. Conforme destacou a diretora Katia Jung Hitel, a escola foi fundada em 1954, primeiramente como  Escola Isolada Estadual de Volta Grande, regida pela professora Irene de Castilho Simm. “Naquela época havia 24 alunos na 1ª série, 3 na 2ª série e 3 na 3ª série”, citou. Já em 1959, cinco anos depois, o crescimento da Firma Luiz Olsen, que tinha serrarias e fazendas, proporcionou a demanda de trabalhadores para Volta Grande, ocasionando a matrícula de 61 alunos, obrigando desta forma o desdobramento da escola, que passou a funcionar em dois turnos, tendo como auxiliar a professora Otília Cristofolini. “Com o constante crescimento, a firma Luiz Olsen passou a ter também uma fábrica de papel higiênico e indústria extrativa da madeira, gerando inúmeros empregos e consequentemente a afluência de crianças em idade escolar, obrigando mais uma vez a ampliação do prédio da escola, com mais duas salas de aula. Então, em 1968 a escola passou de  Escola Isolada a Escola Reunida Alto Rio Preto”. E como Volta Grande se tornou uma comunidade constituída apenas de operários, não possuindo eles condições financeiras que possibilitassem a continuação dos estudos dos filhos em outras instituições, começou-se a cogitar a  expansão do ensino na escola, com a criação de uma escola básica. “Assim, diante do empenho da Firma Luiz Olsen S/A e do prefeito de Rio Negrinho, Sr. Nivaldo Simões de Oliveira, no dia 03 de agosto de 1976, foi realizado o ato de assinatura do convênio entre o Estado e a Prefeitura para a construção do novo prédio escolar, para abrigar a Escola Básica”, explicou Katia. Linha do tempo

  • Em 1977, pelo parecer nº 40 de 19 de abril de 1977, foi autorizado o funcionamento das 5ª e 6ª séries, e finalmente pelo Decreto Nº3376 de 15 de setembro de 1977, publicado no Diário Oficial do Estado nº 10.822 de 20 de setembro de 1977, a então Escola Reunida Alto Rio Preto foi transformada em Escola Básica, tendo como patrono o precursor da colonização na localidade, Luiz Bernardo Olsen.
  • No dia 04 de fevereiro de 1998 foi publicado no diário oficial da união nº 15855 .a portaria 012 de 27 de janeiro de 1998 e parecer 347/97 a autorização do funcionamento do Ensino Médio na Escola Básica Luiz Bernardo Olsen, passando assim ela a denominar-se Colégio Estadual Luiz Bernardo Olsen.
  • Em 18 de dezembro de 2001, pelo parecer nº 460 foi Reconhecido o Ensino Médio e de acordo com as novas normas da Educação , fixou-se como Escola de Educação Básica Luiz Bernardo Olsen.
Atualmente Atualmente a Escola de Educação Básica Luiz Bernardo Olsen oferece os cursos de Ensino Fundamental séries finais e Ensino Médio, distribuídos nos turnos matutino e vespertino e conta com 216 alunos no Ensino Fundamental anos finais e 112 alunos no Ensino Médio, somando 328 alunos. O corpo administrativo da escola conta com uma Diretora, Kátia Jung Hitel e uma Assistente de Educação, que é Simone Maros Ribeiro. O quadro de funcionários conta com três Auxiliares de Serviços Gerais, 12 professores efetivos e lotados e 15 professores ACTs, APP, Conselho Deliberativo Escolar , NEPRE E Grêmio Estudantil. O serviço de alimentação é terceirizado Comemoração em tempos de pandemia Para registrar essas quase sete décadas de história, a diretora comentou que organizou uma forma diferente de comemorar, mesmo em meio à pandemia. “Não podemos nos reunir e fazer uma festa como gostaríamos, mas nem por isso deixamos passar em branco a história da nossa querida escola. Por isso, para  homenagear a escola,  lançamos o desafio para que os alunos, que junto com suas famílias fizessem alguma homenagem que poderia ser através de vídeo, fotos ou cartazes e estaríamos postando através das redes sociais da escola e whatsapp. O desafio foi aceito com tanto carinho que estamos recebendo homenagens de ex alunos também, além de fotos de muitos anos atrás, por exemplo. E é com muita emoção e carinho que eu, Kátia Jung Hitel, posto cada foto no Facebook da escola, pois como gestora, professora e ex-aluna, posso dizer que faço parte dessa história com muito orgulho. Sei que contribuí no aprendizado de muitos e continuo sempre me dedicando da melhor maneira possível. Nossa escola não é apenas paredes e conteúdo, ela é acolhedora, amiga e nela se transmite amor”, destacou a diretora. Acompanhe o perfil da Escola Luiz Bernardo Olsen no Facebook clicando aqui. Confira alguns cliques das homenagens que alunos, famílias e ex-alunos fizeram à escola:  Promoções
                                             ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram