Nossas Noticias

Rio-negrinhense conta com ajuda da comunidade para adquirir uma prótese para a perna e voltar a andar normalmente

RIO NEGRINHO. Maria Isabel de Lima Reichwald passou por uma brusca mudança de vida no último ano. Essa transição não teve relação direta com a pandemia mas da mesma forma, atingiu diretamente sua vida e hoje ela busca recuperar a capacidade de caminhar sem precisar da ajuda de ninguém. Ela contou à reportagem do Nossas Notícias que começou a sentir muitas dores no dedo mindinho do pé e conforme a situação foi se agravando, foi recorrendo a vários médicos, que num primeiro momento não conseguiram identificar a causa do sintoma. Até que em uma das várias consultas que fez, um médico lhe recomendou uma angioplastia. Ela contou que fez o procedimento no hospital em Jaraguá do Sul, porém, a cirurgia foi feita na perna errada e em virtude disso, precisou passar por outras quatro cirurgias até que o problema fosse resolvido. “Foi um período de muitas dores e sofrimento e para agravar a situação, sem eu ser avisada, tive uma parte das minhas pernas amputada. Entrei na sala de cirurgia para amputar dedo mindinho e saí sem um pedaço da perna. Foi uma situação muito dolorosa para mim, tanto de dor física quanto de decepção”, falou. Desde então, Isabel passou por várias fases da recuperação e hoje sonha em poder voltar a se locomover normalmente, pois ainda precisa da ajuda de outras pessoas. “Tenho uma muleta, mas mesmo assim é difícil andar. Em casa, faço alguns serviços de dona de casa porque me esforço muito e não sei ficar parada. Mesmo com a muleta, perdi bastante, pois hoje dependo de muitas pessoas para me levar ao mercado, farmácia e outros lugares. E aqui em casa, a entrada é em uma baixada, então não tenho como entrar ou sair sem que alguém me ajude. Sempre fui uma pessoa trabalhadora e batalhadora e quero muito poder viver de novo sendo independente”, desabafou, agradecendo o apoio que vem recebendo da família em todo esse período. Ela disse que tem um orçamento no valor de  R$ 25.300,00 para a colocação de uma prótese na Clínica de Reabilitação Ottobock Curitiba ( PR ). “Mas é um dinheiro que não tenho como conseguir e por isso fiz a vaquinha. Qualquer quantia será de grande valia para mim”. Clique aqui para doar pelo site da vaquinha. Promoções  

                                               ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram