Nossas Noticias

Mamãe Coruja: há dez anos acompanhando a evolução das famílias de Rio Negrinho

Neste que também é o Mês da Mulher, vale destacar em especial a história de dedicação e superação das sócias Guilhermina dos Santos e Bernadete Kaluzny Marciano, proprietárias da Mamãe Coruja, loja especializada em acessórios, roupas e calçados infantis e infanto-juvenis. Hoje (17), a loja completa 10 anos e com orgulho elas destacam que esta é uma década em que tem muito para contar, inclusive sobre a inauguração da então ampliação da antiga sede da loja, que acabou sendo impedida de acontecer por causa da enchente de 2014. “Marcamos com as clientes, preparamos muitas promoções, uma programação toda especial, fizemos propagandas e bem no fim, nada disso acabou acontecendo, pois precisamos esvaziar a loja de emergência, para evitar que a mercadoria ficasse embaixo d’água”. O começo de tudo Nessa época, a Mamãe Coruja já existia há três anos. A parceria entre Guilhermina e Bernadete na verdade, começou em 2011, a partir de uma conversa informal, durante um evento no Tênis Clube. “Eu trabalhava no comércio já há alguns anos e fazia tempo que pensava em ter minha independência. Até que em uma festa de aniversário do Tênis Clube, encontrei a Guilhermina e comentei que eu ia comprar a Mamãe Coruja, pois a loja já existia. Ela ficou bem interessada e naquele momento mesmo me ofereceu uma sociedade. Eu fiquei pensativa, mas levei em consideração o fato de que já éramos amigas há muitos anos e que nossas famílias também são amigas”. E assim foi! Elas compraram a loja com todo estoque, que durante 3 anos continuou no mesmo endereço ( localizado na rua Jorge Zipperer). “Nós na verdade tínhamos experiência atendendo no comércio, mas não administrando. Mas não perdemos o pique. Fomos aprendendo, comprando mais e mais mercadorias, … Até que começaram a vir os boletos. Então fizemos um empréstimo e fomos pagando tudo, e trabalhando muito sempre, focadas em ter muitas opções e acima de tudo em atender muito bem. Até hoje esses são valores que orientam nosso trabalho no dia a dia”. Ampliando pela primeira vez E foi então que surgiu a oportunidade de as sócias comprarem a Radical Sports, loja que ficava ao lado da antiga Mamãe Coruja. “Compramos todo o estoque e fizemos uma grande promoção para liquidar as peças, pois não tinham relação com o nicho de mercado que trabalhamos. E deu super certo! Vendemos praticamente tudo e o que faturamos investimos na ampliação da loja. E foi bem nesse dia que aconteceu a enchente”, relembraram. A loja recém reformada, com pintura nova e todo um projeto especial de ambientação interna, ficou mais de um mês fechada devido a enchente. Neste período, durante sete dias, o imóvel, assim como vários outros no centro e em determinados bairros da cidade, ficou embaixo d’água. Depois houve a limpeza e toda uma nova preparação para o recomeço do atendimento ao público. “Em 2015 teve enchente de novo, mas não chegou a atingir a loja como no ano anterior. Mas de qualquer forma, já estávamos pensando em ir para outro local, que fosse mais amplo também”. E foi quando as empresárias souberam que a atual loja do Shopping Ruckl, também no centro da cidade, estava disponível para locação. “Foi um risco grande porque o aluguel era mais alto do que o que pagávamos. Mas por outro lado, pensamos que era a nossa chance de colocar mais produtos na loja e decidimos dar esse passo a mais”. Apostando na diversidade Na nova ( e atual ) loja, Guilhermina e Bernadete apostaram ainda mais na diversidade de produtos. “Antes a gente só vendia roupas e calçados. Daí, começamos a agregar outras linhas e foi muito bom, pois o nosso objetivo era ter uma loja completa e agora temos”. Mais do que simplesmente vender produtos Após uma década de muitas superações e conquistas, elas comemoram outro feito. “A gente pode dizer que o mais emocionante desse tempo todo é que acabamos amigas das nossas clientes e de suas famílias. A gente vem acompanhando a evolução de muitas famílias e é muito legal essa cumplicidade. A gente acompanha mães de primeira viagem, que vem aqui, pedem dicas sobre os produtos, a gente explica e compartilha nossas experiências como mães também. Atendemos clientes que se tornam amigas e nos indicam para a cunhada, demais parentes e amigas… Temos clientes que atendemos quando eram crianças e hoje vendemos roupas e acessórios para os filhos delas, para os sobrinhos… A Mamãe Coruja não é só uma loja, é uma grande família”. E elas também deixam aquela mensagem especial “Estamos comemorando 10 anos de muito aprendizado! E o que podemos garantir é que queremos continuar aprendendo e evoluindo. Já fomos uma loja bem pequena e agora estamos com todo esse tamanho! E dizemos isso não por causa do espaço físico mas também pelo tamanho da satisfação das nossas clientes e das muitas novas amizades que fizemos nesses dez anos! Só temos a agradecer a confiança que as clientes tem na nossa equipe. Essa é nossa grande conquista!”. Um pouquinho da loja hoje  ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram