Nossas Noticias

Mario Hacke é vítima de acidente fatal durante cavalgada em Rio Negrinho hoje

[caption id="attachment_44151" align="alignnone" width="300"] Na foto, Mario aparece de camisa e gravata azul[/caption] RIO NEGRINHO. Mario Hacke, que trabalhou como motorista da Secretaria de Saúde e também era proprietário de uma chácara com seu nome, onde foram realizados diversos eventos na cidade, foi vítima de um trágico acidente na tarde de hoje, por volta das 15h, conforme confirmou seu cunhado, Abel Schroeder, à nossa reportagem há alguns minutos. Mario era bastante popular e bem quisto na cidade. De acordo com ele,  Mario, juntamente com seu  filho e sua nora cavalgavam em uma rua desativada que fica atrás da Escola Selma Teixeira Graboski, quando num movimento brusco do cavalo, o Mário caiu e foi atingido pelas patas do animal. Ele foi socorrido e imediatamente levado ao Pronto Atendimento da Fundação Hospitalar  mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. De acordo com as informações da Funerária São Gabriel, Mário Ivanor Hacke, tinha 59 anos e faleceu às 15h30 na Fundação Hospitalar de Rio Negrinho. Deixa enlutados: a esposa Janete, 3 filhos (Bruna, Felipe, Marcelo), irmãos, genro, 2 noras, 2 netos e demais parentes e amigos. Seu corpo será velado na capela São Gabriel amanhã (14) a partir das 09h, de onde sairá o féretro ás 15h, seguindo para sepultamento no cemitério Jardim Parque da Colina. Devido à pandemia do coronavírus, solicita-se que não haja aglomeração no local. Promoções  

             ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram