Nossas Noticias

Rio Negrinho: empresas do Industrial Norte discutem criação de Plano de Auxílio Mútuo para prevenção de sinistros

RIO NEGRINHO. Aconteceu na tarde de hoje (12), na empresa Cahdam, no Industrial Norte, a apresentação do Plano de Auxílio Mútuo (PAM), iniciativa que visa o trabalho em parceria, através dos brigadistas que atuam nas empresas do entorno visando dar o primeiro combate em casos de sinistros dentro das indústrias, até a chegada dos órgãos competentes. De acordo com o técnico em segurança do trabalho da Cahdam, Marcelo Fragoso, a intenção do projeto é reduzir o tempo de resposta em um eventual sinistro, minimizar perdas e danos e principalmente ajudar a preservar a vida de colaboradores. Representantes de empresas de vários segmentos, instaladas próximas a Cahdam, participaram desse primeiro encontro. Marcelo explica que o auxílio será prestado exclusivamente por brigadistas credenciados das empresas que aderirem a ideia. “Somente aqui na empresa já temos 22 brigadistas devidamente credenciados, mas para as empresas na qual os brigadistas ainda não tem esse credenciamento, nossa ideia é oportunizar que eles possam participar de capacitações e também acompanhar os treinamentos feitos aqui dentro”, destaca. Supervisor de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho da Cahdam, Edinei Heide, diz que como o próprio programa sugere, trata-se de uma ajuda mútua entre as empresas aonde serão identificados, por exemplo, o que cada uma poderá oferecer para contribuir com a outra em caso de um eventual sinistro. “Seja com material humano, seja com o compartilhamento de equipamentos”, coloca. “Sendo unidos, vamos nos fortalecer”, opina. A ideia, destacou o diretor Márcio Bona, surgiu a partir de uma necessidade apontada pela empresa que presta seguro patrimonial para a Cahdam. “Após uma vistoria técnica optamos por discutir a criação do Plano de Ajuda Mútua”, comentou. Outra situação apontada por Marcelo diz respeito ao uso, por parte de praticamente todas as empresas no entorno, de produtos químicos inflamáveis. “Até a chegada dos órgãos competentes, poderemos reduzir e muito o tempo resposta e inclusive auxiliar esses órgãos, como o Corpo de Bombeiros, Samu e até a Defesa Civil”, acredita. Ao final do encontro foi entregue um formulário aos representantes das empresas presentes para que façam o cadastro para o programa. Novos encontros deverão acontecer nas próximas semanas para a definição de metas de trabalho. O coordenador municipal da Defesa Civil, Claudinei Liebl, e o Bombeiro Militar Heriberto Rohrbacher também participaram do encontro.     Promoções ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram