Nossas Noticias

Diretores de escolas estaduais de Rio Negrinho comentam sobre retorno das aulas; Live nesta segunda, 1°, servirá para esclarecer dúvidas de pais e alunos

[caption id="attachment_40053" align="alignnone" width="300"] Foto: Freepik[/caption] RIO NEGRINHO. Na próxima quarta e quinta-feira (3 e 4 de fevereiro) acontecem de forma virtual as matrículas para alunos novos da rede estadual. A plataforma online estará aberta entre 9 horas do dia 03 fevereiro até 23h59min do dia 04 de fevereiro. A documentação pode ser entregue nas escolas entre os dias 03 e 05 de fevereiro, das 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. As escolas do Estado também terão um posto de atendimento com computador durante o período de matrícula para auxiliar no cadastro dos estudantes. Auxílio para os responsáveis Para os responsáveis que precisarão de auxílio no preenchimento da pré matrícula utilizando os meios eletrônicos da Unidade Escolar, a inscrição será realizada das 9h às 12h e das 13h às 17h dos dias 03 e 04 de fevereiro. Neste primeiro momento as aulas ainda acontecerão de forma 100% presencial em escolas onde as turmas tem poucos alunos (quando a matriz de risco permitir), mista (“Tempo Casa, Tempo Escola” ) e também através do sistema remoto. Live no YouTube para esclarecimentos à comunidade escolar Nesta segunda-feira (1°), uma live, às 19 horas, promovida pela Gerência Regional de Educação e aberta a pais, alunos e professores abordará as principais mudanças dessa nova etapa. Os pais deverão acessar o link https://www.youtube.com/watch?v=APhEDP0xLXg para acompanhar e sanar suas dúvidas. Expectativas Em Rio Negrinho, quatro unidades pertencem a rede estadual e a reportagem do Nossas Notícias conversou com seus gestores para saber mais sobre as adequações colocadas em prática visando o retorno dos estudantes, bem como as expectativas após quase um ano de aulas por meio remoto.   [caption id="attachment_40054" align="alignnone" width="300"] Foto: reprodução redes sociais[/caption] Katia Jung Hitel, diretora da Escola de Ensino Médio Luiz Bernardo Olsen, no Distrito de Volta Grande, destaca que a partir de um questionário enviado aos pais, confirmou-se que ao menos 100 alunos deverão retornar para a sala de aula. “Mas com as matriculas na próxima semana, acreditamos na previsão de aumento no número de alunos”, aponta. Em 2020 a unidade possuía 330 alunos matriculados. Muitos pais estavam indecisos, optaram pelo não retorno, mas ainda podem optar. A escola vem se preparando. Foram instalados dispensers de álcool gel e sabonete, os espaços foram demarcados com fitas. As carteiras foram nomeadas para que todos os alunos sentem sempre na mesma cadeira e carteira”, salientou a gestora da unidade. A diretora diz que alguns ajustes ainda estão sendo feitos, mas além da ansiedade para ver os alunos após mais de dez meses, acredita que um dos fatores fundamentais será novamente a interação entre alunos e professores. “Essa interação fez muita falta e percebemos isso nos alunos. Com a adoção do modelo “Tempo Escola” e “Tempo em Casa”, uma semana os estudantes ficarão na escola e a outra em casa cumprindo o currículo proposto pelos professores nas aulas presenciais”. [caption id="attachment_40055" align="alignnone" width="300"] Foto: reprodução redes sociais[/caption] O gestor da Escola Professor Jorge Zipperer, Paulo Burlikowski, afirma que a unidade também já colocou em prática todas as adequações previstas em seu plano de contingência e que mesmo ainda não tendo a definição com relação ao número de alunos que a escola irá absorver, tais informações estarão disponíveis após a conclusão da pesquisa realizada internamente. Só após esse levantamento iremos saber quantos vão voltar no modo presencial e quantos terão aula pelo sistema remoto ou recebendo os materiais impressos”, frisa. Os números a partir das matrículas na unidade também serão fundamentais para fechar a conta de quantos estudantes frequentarão o Jorge Zipperer. “Absorvemos os alunos que vêm do nono ano da Escola Ricardo Hoffmann e ainda os alunos que saem do quinto ano da Escola Menino Jesus”, lembrou. A escola terá lotação máxima de 15 alunos por sala, seguindo as determinações no mapa de risco de nossa região. “Vamos adequar nosso horário de recreio e disponibilizar álcool gel nos banheiros e corredores e aferir a temperatura. Ainda assim após a primeira semana vamos avaliar se mais adequações são necessárias”, comenta. “Além disso, teremos nossa Assembleia Geral em forma de live onde os pais irão acompanhar como vão funcionar as escolas nessa retomada”, emendou. [caption id="attachment_40056" align="alignnone" width="300"] Foto: reprodução redes sociais[/caption] Já Clecy Linzmeyer, diretora da Escola Professora Marta Tavares, prevê que o ano será bastante desafiador, de muitas mudanças e adequações. “Vamos matar a saudade dos alunos dentro das condições de atendimento”, destaca. Clecy explica que após a colocação em prática do plano de contingência é que será possível acompanhar seu funcionamento. “Vamos também retomar os conteúdos com as crianças e identificar o ponto de partida dessa retomada”, adianta. Ela acredita que a retomada envolverá questões disciplinares, pedagógicas e sócio emocionais, já que será um desafio colocar os alunos dentro de uma rotina totalmente diferente da qual estão acostumados. Ainda na primeira quinzena de fevereiro os professores e equipe de trabalho passarão por capacitações para encarar a nova rotina a qual farão parte. Com relação a quantidade de alunos, Clecy Linzmeyer aponta que após levantamento feito com os pais, a unidade deverá receber de forma presencial 310 alunos num primeiro momento – outros 87 acompanharão as aulas de forma remota. “Os pais poderão ainda optar e entrar em contato para possíveis adequações conforme suas necessidades”, lembra a diretora. Ainda segundo ela, a partir da semana que vem serão disponibilizadas as listagens com as turmas já definidas. O material também será enviado aos grupos de Whatsapp da escola, além de ser impresso e anexado ao lado externo do ginásio de esportes. “Também todos os alunos presenciais e remotos vão ganhar kits de material já prontos e nominais”, explica. Na reportagem do Nossas Notícias publicará uma matéria sobre a volta às aulas na Escola Manuel da Nóbrega. Devido ao intenso ritmo de trabalho e de atendimentos, ele não pode nos atender até a finalização desta matéria. Promoções    ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram