Nossas Noticias

Coordenador fala do trabalho e das metas da Defesa Civil para Rio Negrinho

  [caption id="attachment_39897" align="alignnone" width="300"] Fotos: Edson Frankowiak[/caption] RIO NEGRINHO. Passados os dias de apreensão com a grande quantidade de chuvas que caiu sobre a cidade, aliada a subida do rio Negrinho que atingiu a marca de 3,18 metros acima do seu nível normal, deixando os moradores das regiões mais baixas em alerta, a Defesa Civil – que neste período acompanhou de perto o risco de novas enchentes no município – agora foca em melhorar e ampliar sua estrutura. Ao Nossas Notícias o coordenador Claudinei Liebl falou sobre suas metas no comando da entidade. Monitoramento do rio Negrinho A respeito do monitoramento do rio Negrinho, Liebl explica que mesmo em condições normais, a checagem continua acontecendo em tempo integral através de um sistema interno da Prefeitura no qual é monitorado o seu nível. “Por enquanto ainda temos uma rede interna para acesso à câmera que monitora o rio, mas queremos proporcionar o acesso também a comunidade, para que todos possam entrar no site e acompanhar da mesma forma que fizemos para emitir os boletins de hora em hora durante os momentos de subida do nível da água”, destaca. Atualmente a comunidade pode acessar o site da Prefeitura de Rio Negrinho (www.rionegrinho.sc.gov.br) e clicar no link “Defesa Civil” , onde estão disponíveis dados a respeito da previsão do tempo bem como da bacia do rio Negrinho. Nesta segunda opção podem ser acompanhados, por exemplo, as precipitações atualizadas de hora em hora, o quanto que o rio está subindo ou descendo e outras. “Rio Negrinho possui hoje uma das melhores estruturas para cobertura de informações relacionadas a esses fatores climáticos. O município conta com sete estações hidrológicas, isso faz com que sejamos referencia”, aponta Liebl. Melhorias na estrutura Um dos propósitos, segundo ele, é buscar voluntários para compor o trabalho da Defesa Civil. “A ideia é aproximar as pessoas do trabalho da Defesa Civil e uma proposta seria aproveitar o trabalho dos Bombeiros Comunitários que já possuem capacitação para agir em trabalhos da Defesa Civil”, destaca. Atualmente dois servidores compõem a estrutura da Defesa Civil no município, que conta ainda com o apoio de outras secretarias municipais como Infraestrutura e Planejamento, além do auxílio do Corpo de Bombeiros. A manutenção das estações hidrológicas também está na lista de ações da entidade. Reformas em pontes Junto a Defesa Civil estadual, o coordenador já articula pedidos para a destinação de dois kits transposição para Rio Negrinho. Segundo Liebl, a intenção é substituir as pontes “do Zemann” e “do Camiloti”, ambas de madeira e que ficaram bastante danificadas com as chuvas dos últimos dias. “Nesses locais faremos vistorias nos próximos dias, mas a intenção é a substituição da madeira por kits da Defesa Civil. Para tanto vamos buscar nos reunir com as autoridades regionais e estaduais para apresentar essa necessidade do município”, adiantou. O telefone da Defesa Civil é o 199. Promoções ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram