Nossas Noticias

Rio Negrinho: primeira sessão da Câmara acontece nesta segunda, 1°

[caption id="attachment_39710" align="alignnone" width="300"] Foto: Edson Frankowiak[/caption] RIO NEGRINHO. Com limitação presencial de 50% da capacidade e respeitando os protocolos de saúde necessários como forma de precaução ao novo coronavírus, a Câmara Municipal realiza às 19 horas da próxima segunda-feira (1º) sua primeira sessão ordinária de 2021. A retomada dos encontros com participação de público acontece quase um ano após as reuniões acontecerem no formato virtual – a medida havia sido adotado entre março, já no início da pandemia, e dezembro de 2020. O presidente do Legislativo, Arlindo André da Cruz, o Piska (PP), destaca que para que o limite de pessoas seja respeitado, os interessados em acompanhar a sessão deverão se inscrever até as 11h30 da próxima segunda (1°), como forma de evitar a superlotação do espaço. As inscrições poderão ser feitas diretamente na secretaria da Câmara de Vereadores das 7h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas ou pelo telefone (47) 3644 2070. “Conversei com os vereadores e a partir de uma decisão em consenso da Mesa Diretora, optamos pela realização da sessão com a participação da comunidade”, explica o presidente que frisa ainda que a limitação segue os decretos estaduais em vigor. Medidas como a aferição de temperatura e a disponibilização de álcool em gel também serão adotadas Piska tem como uma das expectativas para seu mandato a ampla discussão dos projetos que são de interesse da comunidade como forma de evitar polêmicas nas votações. “Vamos apoiar o prefeito, mas sempre debatendo os projetos e dando suporte também para os vereadores que estão chegando”, comentou ainda o vereador. Além dos projetos, o presidente adianta que ao menos dois requerimentos dele deverão fazer parte da primeira reunião ordinária. Um deles, direcionado ao Serviço Autônomo Municipal de Saneamento Básico (Samae) cobra uma nova análise para revisão dos índices previstos para serem adotados na cobrança da taxa de esgoto. Outro assunto a ser tratado, segundo Piska, será com relação a rua Luiz Scholtz Filho, cujo asfalto cedeu após as chuvas desta semana. “Precisamos questionar se a responsabilidade por aquela obra que apresentou problemas com as chuvas é da prefeitura ou da empreiteira”, adiantou. A pauta da primeira sessão do ano deverá contar também com apresentações de indicações, requerimentos e outras manifestações por parte dos demais parlamentares.  Promoções ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram