Nossas Noticias

Genro acusado de importunar sexualmente a sogra em Rio Negrinho: na Delegacia, envolvidos optaram por não dar sequência à denúncia

[caption id="attachment_39048" align="alignnone" width="300"] Imagem: Esplar Centro de Pesquisa e Assessoria[/caption] RIO NEGRINHO. Hoje (15), a Central de Operações da Polícia Militar recebeu uma ligação informando que uma senhora foi assediada por seu genro. De imediato uma guarnição foi ao local e colheu o relato da vítima. De acordo com as informações da Polícia Militar, ela relatou que seu genro havia lhe agarrado e passado as mãos nas suas partes íntimas e logo após teria fugido do local. Os policiais contaram que na mesma hora iniciaram as buscas pelo autor do fato, mas sem  êxito num primeiro momento. Porém, alguns minutos depois a guarnição se fez presente no local porque a solicitante informou que seu genro havia retornado. Foi então que os policiais realizaram a prisão do homem e todos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Rio Negrinho. Nossa reportagem conversou com o delegado Rubens Passos de Freitas, que informou que não havia nenhuma testemunha do fato e que nem o genro nem a sogra quiseram dar continuidade à denúncia. “Foi registrado o Boletim de Ocorrência e todos foram liberados, pois não houve nenhuma situação de flagrante”, declarou.  Promoções ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram