Nossas Noticias

"Foi um susto muito grande e muitas perdas, mas graças à Deus não aconteceu nada com a gente", contam donas de lanchonete que estavam atendendo clientes quando o vendaval atingiu Rio Negrinho, nesta terça (29)

RIO NEGRINHO. Salete de Matos e Marileia Terezinha de Matos Provin viveram literalmente uma cena de filme de terror na tarde desta terça-feira (29). Elas são proprietárias do Papalégua Lanches e Porções, na Vila Gastronômica, no centro da cidade e estavam atendendo clientes no exato momento em que um forte vendaval fez voar uma estrutura metálica de cerca de 10 metros de cumprimento que estava em frente às chamadas “casinhas” da Vila Gastronômica, além de causar outros estragos, tanto na Vila quanto em outros pontos da cidade. “A barraca estava cheia de cliente, tinha cliente de São Paulo (SP) , de Blumenau (SC), tinha uma mulher grávida. Quando vimos que tudo começou a voar, entramos para dentro da casinha, junto com alguns clientes, que estavam apavorados. A bolsa do bebê da cliente de Blumenau, o vento levou longe. Rádio voava, cadeira voava, nossas cadeiras foram parar tudo atrás da lanchonete”, relembraram. Além da estrutura metálica de cerca de 10 metros de cumprimento, também tinha um  grande toldo, também com estrutura metálica, bem em frente ao Papalégua. Ele também foi derrubado pelo vento. A estrutura metálica foi parar atrás da lanchonete. “Se a haste do toldo ou se a estrutura metálica caíssem aqui na lanchonete, estaríamos mortas agora. Foi um vento que veio tão forte e tão rápido, que não deu tempo de juntar nada, só nos escondemos e acolhemos os clientes que vieram atrás de nós”. Elas contaram também que perceberam o céu escurecendo em sinal de chuva mas jamais imaginavam que iam ver as cenas seguintes. “Ainda que dois minutos antes, tinha uma comadre minha aqui, que mora ali em Trigolândia ( PR ). O carro dela é um carro novo, justamente o carro dela estava ali onde foi parar a estrutura maior. Mas ela viu o tempo ficando feio, logo acertou a conta e foi embora. Por  mais 2 minutos ela teria vivido tudo o que passamos e ainda perdido o carro”. Salete e Marileia fecharam a lanchonete logo depois que o vendaval acabou. “Saímos para ver o estrago, vimos tudo aquilo… A gente não conseguia reagir, o susto foi tão grande que ficamos sem reação. Nossos maridos estavam em outras cidades a trabalho, a gente deixou tudo aqui, toda a mercadoria… Só passamos a chave e fomos embora para casa”. E foi somente na quarta-feira (30) pela manhã que as comerciantes voltaram ao local, onde conversaram pessoalmente com a reportagem do Nossas Notícias. “A gente veio bem cedo para poder arrumar as coisas, trouxemos os maridos e o sobrinho para nos ajudar. Já retiramos os alimentos todos para nossa casa, foi tudo para o freezer de lá. Tivemos um prejuízo de mais ou menos R$ 5 mil, só dos toldos, mas se for para somar tudo: a correria, os clientes que não vamos poder atender durante alguns dias e tudo mais, o valor é muito maior. Principalmente porque o movimento dos últimos dias de dezembro e dos primeiros dias de janeiro era pra ser muito bom”. Em função dos estragos do vendaval, que incluem também a falta de energia elétrica ( está sendo realizada uma manutenção no local ), a previsão, segundo as comerciantes, é de que as lanchonetes da Vila Gastronômica retomem o  atendimento no dia 1° de janeiro. “Foi um susto muito grande e muitas perdas também mas graças a Deus não aconteceu nada com a gente. Só temos a agradecer”, finalizaram. De acordo com Carlos Alberto Becker Júnior, gerente regional da Celesc, o vendaval deixou na terça-feira, 5.500 imóveis sem energia por aproximadamente 40 minutos. Logo depois desse período, foram reenergizados as redes de 5.411 imóveis. A energia elétrica foi reenergizada nos outros 89 imóveis às 17h50, assim que foram concluídos os serviços na área central. “Fora estes eventos de maior proporção, ainda tivemos faltas de energias pontuais, também em virtude dos fortes ventos, que foram concluídos os serviços por volta das 23h55 do mesmo dia”, destacou. Confira o que publicamos sobre o vendaval desta terça-feira em Rio Negrinho: Acabamos de registrar. Efeitos do vendaval em Rio Negrinho VÍDEO. Vendaval arrasta peças do Natal Encantado de Rio Negrinho Depois do vendaval, peças do Natal Encantado já foram recolocadas Comerciantes da Vila Gastronômica trabalham para se recuperar dos prejuízos após vendaval hoje em Rio Negrinho  ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram