Nossas Noticias

Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, realiza Operação Enquadro Geral na região hoje

REGIÃO. A Polícia Civil de São Bento do Sul, com apoio da Polícia Militar, deflagrou na manhã de hoje, uma operação, chamada Operação Enquadro Geral, visando a investigação e repressão de crimes praticados por uma organização criminosa com atuação em todo o Estado de Santa Catarina. Cerca de 100 policiais civis e militares estão envolvidos no cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão preventiva, os quais estão sendo cumpridos nas cidades de São Bento do Sul, Rio Negrinho, Campo Alegre e Blumenau. Participam da execução das ordens policiais de Mafra, Rio Negrinho, São Bento do Sul, Campo Alegre, Jaraguá do Sul, Joinville e Blumenau. A operação leva este nome porque a investigação identificou os suspeitos de ocuparem o núcleo de liderança da organização na região, chamado entre os investigados de “quadro geral”, os quais tiveram a prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário. Dentre os investigados encontra-se, inclusive, o suspeito de ter sido um dos autores do homicídio ocorrido na cidade de Rio Negrinho, no último domingo, 13. Ao final do cumprimento dos mandados, os presos devem ser interrogados e oportunamente novas informações serão transmitidas. A Polícia Civil de São Bento do Sul, com apoio da Polícia Militar, deflagrou na manhã desta hoje, uma operação visando a investigação e repressão de crimes praticados por uma organização criminosa com atuação em todo o Estado de Santa Catarina. Cerca de 100 policiais civis e militares estão envolvidos no cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão preventiva, os quais estão sendo cumpridos em São Bento do Sul, Rio Negrinho, Campo Alegre e Blumenau. Participam da execução das ordens policiais de Mafra, Rio Negrinho, São Bento do Sul, Campo Alegre, Jaraguá do Sul, Joinville e Blumenau. A operação leva este nome porque a investigação identificou os suspeitos de ocuparem o núcleo de liderança da organização na região, chamado entre os investigados de “quadro geral”, os quais tiveram a prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário. Dentre os investigados encontra-se, inclusive, o suspeito de ter sido um dos autores do homicídio ocorrido na cidade de Rio Negrinho, no último domingo, 13 de dezembro. Ao final do cumprimento dos mandados, os presos devem ser interrogados e oportunamente novas informações serão transmitidas.   Promoções   ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram