Nossas Noticias

"Ele não merecia isso", dizem colegas de recepcionista agredido no hospital de Rio Negrinho

RIO NEGRINHO. Continua causando revolta a ocorrência atendida por policiais militares na noite desta quinta-feira (10) na Fundação Hospitalar. De acordo com as informações divulgadas pela própria PM, a polícia foi acionada para atender uma ocorrência de lesão corporal leve no hospital e chegando ao local, os policiais constataram que  um homem, visivelmente transtornado, acabara de desferir socos no atendente e recepcionista da FHRN, exigindo atendimento para seu filho recém-nascido. Os policiais relataram que conversaram com o homem, que disse já havia informado que seu filho estava passando mal e que era a segunda vez que comparecia ao hospital e nenhuma providência havia sido tomada. De acordo com os dados da ocorrência,  o recepcionista informou que apenas estava fazendo seu trabalho e contou que sem querer esperar, o homem entrou no guichê do atendente e lhe desferiu vários socos na face. Os policiais confeccionaram o Boletim de Ocorrência na Modalidade Termo Circunstanciado e o homem se comprometeu a  comparecer em audiência pré-agendada para o Fórum da Comarca. À reportagem do Nossas Notícias, colegas de trabalho do rapaz, declararam estar indignados. Eles destacaram que o recepcionista é portador de necessidades especiais ( tem dificuldade de locomoção ), mas é um exemplo de superação e caráter para todos. “Muitas vezes ele vem a pé para o trabalho, leva bastante tempo para chegar no hospital, porque mora longe. É um rapaz muito educado, sempre disposto e disponível. Uma pessoa que realmente não merecia isso de jeito nenhum. Esperamos que o responsável seja punido pela grande injustiça que cometeu”.  Promoções ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram