Nossas Noticias

Moradores reclamam de lixo jogado em terreno baldio no Industrial Norte, em Rio Negrinho

  RIO NEGRINHO. Moradores da Rua João Zipperer, no bairro Industrial Norte, reclamam de uma situação com a qual precisam conviver com alguma frequência. Segundo eles, são várias as ocasiões em que o terreno em frente a casa número 574 vira um verdadeiro lixão a céu aberto. Em função do mau uso do local, já foi colocada  ali uma placa onde está escrito “Proibido jogar lixo”, porém, conforme eles, a determinação não vem sendo seguida. Segundo eles, no terreno é comum encontrar cachorro morto, cocô de cachorro, sofá, fogão e outros materiais que por lei são proibidos por lei de serem jogados na rua. Conforme a Prefeitura, a  Lei de Crimes Ambientais, nº 9.605 de 1998, em seu artigo 54, descreve como crime de poluição, qualquer ato que coloque em risco a saúde humana ou segurança dos animais ou destrua a flora. O objetivo da norma é proteger o manter o meio ambiente sadio e equilibrado, bem como evitar riscos para a vida humana, dos animais ou plantas. A pena prevista é de até quatro anos de reclusão e multa. Vale lembrar que em Rio Negrinho é feita constantemente a coleta de lixo convencional e lixo seletivo. Quem tiver dúvidas sobre os horários e datas das coletas em seu bairro pode entrar em contato pelo fone 3644-9805. Quem por acaso tenha limpado seu jardim ou quintal ou ainda podado árvores e não tenha onde descartar esse material em quantidades maiores pode agendar a coleta junto a Secretaria Municipal de Infraestrutura pelo fone (47)3644-4091. DENÚNCIAS Denúncias de crimes ambientais podem ser feitas diretamente à a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, pelo telefone 3646-3637, 3646-3606. Em horários que a prefeitura não está funcionando, as denúncias podem ser feitas no 3646-3600, para que os  fiscais sejam acionados.

Anúncios
 ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram