Nossas Noticias

Diocese informa que missas poderão ser retomadas gradativamente a partir de 3 de maio

REGIÃO. Desde o dia 21 as realizações de Missas com a presença do público estão liberadas em Santa Catarina. Porém, a Diocese de Joinville informa que desde esse dia estava analisando a documentação e também consultando os padres sobre os procedimentos. Como resultado da análise, foi decidido manter suspensa a realização de missas com os fiéis, conforme nota oficial da Diocese divulgada no início da tarde desta quarta-feira (22). De acordo com o comunicado, até o dia 2 de maio as igrejas estarão abertas para orações individuais. E a partir do dia 3 de maio, um domingo, as missas retornam, de maneira gradativa, com a participação das pessoas seguindo o que determina a portaria do Governo do Estado, além de aspectos próprios da fé católica e da realidade da Diocese de Joinville que abrange 18 municípios da região Norte de Santa Catarina. Confira a nota oficial na íntegra recebida por nossa redação:

Continua depois do anúncio
Esclarecimentos quanto ao retorno das celebrações das Santas Missas A Diocese de Joinville, após tomar conhecimento da portaria 254 de 20/04/2020 da Secretaria Estadual da Saúde, ouvir o clero e tomar conhecimento da posição das demais Dioceses que compõem o Regional Sul IV da CNBB, comunica os seguintes esclarecimentos: 1. Até o dia 02 de maio as igrejas, conforme o costume, estarão abertas apenas para orações particulares seguindo todas as determinações já estabelecidas 2. Já foram fornecidos ao clero os procedimentos que devem ser adotados para o atendimento dos fiéis (confissões, orientações, atendimento espiritual, etc.). Entre os vários cuidados, destaca-se a necessidade de agendamento prévio e atenção a realidade de saúde dos fiéis e de cada padre (muitos são idosos ou de grupo de risco e devem se resguardar neste momento) 3. A partir do dia 03 de maio as paróquias, desde que respeitando integralmente as determinações que ainda serão estabelecidas pela Diocese, poderão, de forma gradativa e respeitando sua realidade, retomar a celebração das Santas Missas 4. Nos próximos dias será enviado a todo o clero as determinações que devem ser respeitadas para que as celebrações das Santas Missas possam acontecer. Estas contemplarão todas as normas estabelecidas da Portaria 254 de 20/04/2020 além de aspectos próprios da fé católica e da nossa realidade 5. Demais atividades como reuniões, encontros, catequese, festas e eventos permanecem suspensos 6. Batizados, primeiras eucaristias, crismas e matrimônios permanecem suspensos. Necessidades pontuais e inadiáveis devem ser avaliadas com critério e bom senso 7. Funerais e orações comunitárias prestadas a eles, devem ser celebrados com grupo reduzido de pessoas e respeitando as determinações das autoridades sanitárias Por fim, o documento informa que a Diocese está ciente que há um anseio de muitos pela retomada das celebrações das Santas Missas e demais atividades em nossas paróquias.
Continua depois do anúncio
“Mas é fundamental que cada passo seja feito com prudência e preparação, respeitando todos, especialmente os mais idosos e os de grupo de risco. Quando se tomou a decisão pela abertura das igrejas para orações pessoais, o funcionamento da secretaria foi refletido sobre o momento oportuno e foram estabelecidas normativas. Deste modoe, cada paróquia pode, a seu tempo e com serenidade, proceder com as aberturas. O mesmo zelo é fundamental diante da possibilidade que nos foi aberta para a celebração das Santas Missas”, destaca. Por fim, a direção da Diocese agradece a todos que, em oração, comunhão e serenidade, acolhem as determinações. “Pedimos que, mesmo diante da retomada gradual de tantos segmentos, permaneça o cuidado no uso de máscaras, na higiene correta das mãos e no acatamento das orientações quanto ao distanciamento social. Que São Francisco Xavier, padroeiro de nossa Diocese, rogue por todos nós”, finaliza.
Anúncios
]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram