Nossas Noticias

Afastado do cargo em operação da Polícia Civil, Secretário de Saúde de São Bento do Sul diz que foi pego de surpresa e dá a entender que acredita estar sendo vítima de perseguição

SÃO BENTO DO SUL. Depois da notícia sobre seu afastamento em funcao de uma operação da Polícia Civil sobre o “Fura Fila do SUS”, o Secretário de Saúde de São Bento do Sul, Manuel Del Omo se manifestou em suas redes sociais. No texto, que foi acompanhado da publicação de uma cópia de um Boletim de Ocorrência registrado por ele no dia 15 de julho do ano passado, o médico deixa subentendido que acredita estar sendo vítima de perseguição. Segue abaixo a nota publicada por ele: NOTA A POPULAÇÃO Na tarde de hoje, após reunião oficial em Joinville, fui surpreendido por um jornalista local, que por telefone me questionava sobre o deferimento da medida judicial de afastamento provisório do cargo de secretário municipal de saúde de São Bento do Sul.

continua depois do anúncio
Imediatamente procurei o Poder Judiciário através de meu advogado e tive negado o acesso aos autos, sendo informado tão somente que se trata de uma medida cautelar de busca e apreensão e afastamento temporário do cargo, por 30 dias, dirigida a mim e a outra duas servidoras municipais efetivas, desprovidas de cargo comissionado. Sem acesso aos autos e sem ter sido intimado, ainda não sei a razão de estar sendo investigado, muito embora circule nas redes sociais, desde antes do cumprimento dos mandados, uma noticia sobre uma operação da Policia Civil no tocante a suposta ”fraude na fila de espera do SUS”
continua depois do anúncio
Circula nas redes sociais, também, uma cópia do mandado extraído dos autos e, ademais, desde ontem, às 18h38, consta na página de uma rede social de um gestor de uma instituição privada de saúde, uma postagem comemorando o deferimento da medida judicial. Importante frisar que há 7 meses, depois de ter sido ameaçado com retaliações por profissional de saúde de São Bento do Sul, registrei Boletim de Ocorrência, fato este diretamente relacionado a minha atuação administrativa exigindo cumprimento de horário de médicos e odontólogos, prestação de contas de unidade hospitalar e outros direitos dos usuários há muito violados.
continua depois do anúncio
Assim que intimado de meu afastamento e assim que meus advogados tiverem acesso ao processo, pretendo defender-me desta medida judicial desnecessária e, após, continuarei a luta implacável contra os abusos cometidos contra os usuários do Sistema Único de Saúde. Confira os detalhes da ação da Polícia Civil e o início do caso clicando no link da matéria que aqui publicamos ontem, clicando no link abaixo: http://nossasnoticias.com.br/2020/02/17/secretario-de-saude-de-sao-bento-do-sul-e-duas-servidoras-da-pasta-sai-afastados-hoje-apos-operacao-da-policia-civil/
 anúncios
 ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram