Nossas Noticias

UnC Rio Negrinho: mais de 30 trabalhos científicos foram destaques no estado em 2019

RIO NEGRINHO. Em fevereiro serão retomadas as atividades no campus da UnC, com atendimento à comunidade e acadêmicos. Conforme o diretor Robson Hugo Henning, as expectativas para o ano ano acadêmico são as melhores. “Temos certeza de que este será novamente um ano muito produtivo para acadêmicos, professores, colaboradores e também para a comunidade de Rio Negrinho de forma geral, já que a UnC vem conquistando uma interação cada vez maior com a cidade”. Henning comemorou vários dados de 2019, quando mais de 30 trabalhos científicos foram destaque em nível de estado, durante o IX SIPEX (Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão), que aconteceu em Canoinhas e contou com a participação de vários campis da instituição.  “Foram vários os trabalhos de Rio Negrinho selecionados e apresentados por acadêmicos e professores da cidade. O interessante disso tudo é que muitos destes e de outros trabalhos não apresentados no Seminário, são voltados à realidade de Rio Negrinho, ou seja, a UnC vem cada vez mais agregando conhecimento científico para o município, colocando em pauta dados sobre problemáticas do cotidiano da população. Isso faz toda a diferença, pois é uma enorme contribuição para o desenvolvimento da cidade, tanto no presente quanto no futuro”. LIVRO LANÇADO A PARTIR DE EXPERIÊNCIAS EM ESCOLAS DE RIO NEGRINHO E SÃO BENTO DO SUL  Além dos trabalhos apresentados no Seminário, Henning destacou que vários acadêmicos e professores tiveram artigos publicados em livros lançados em Santa Catarina e no Paraná. Sem contar é claro com o lançamento do livro “Psicologia, Experiência e Escola”, escrito pelos acadêmicos de Psicologia, com organização do professor Rafael Christofoletti. (Baixe gratuitamente o e-book clicando no link: https://www.unc.br/biblioteca/ebook/Livro_Psicologia.pdf   “Foi uma experiência incrível para a própria UnC como instituição já que a obra traz relatos dos acadêmicos a partir do estágio supervisionado em Psicologia Escolar, realizado em escolas de Rio Negrinho e região. Ou seja, trata de assuntos locais e da atualidade, que merecem a atenção de todos, uma vez que revelam muito sobre questões relacionadas a escola, família e sociedade”. PSICOLOGIA:CONCEITO  DE EXCELÊNCIA PELO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O diretor ainda citou como destaques a visita de acadêmicos de Direito à Brasília (DF), onde puderam conhecer a dinâmica cotidiana dos Três Poderes, a presença da UnC em vários eventos de Rio Negrinho e região além da nota 4,51 (conceito de Excelência) que o curso de Psicologia obteve na cidade após a visita de técnicos do Conselho Estadual de Educação. “Não tenho dúvidas em dizer que a UnC Rio Negrinho é uma universidade de excelência’.E isso se reforçou ainda mais com a inauguração dos Núcleos de Atendimentos de Psicologia e de Práticas Jurídicas que possibilitaram atendimento gratuito a centenas de pessoas da comunidade. A UnC lançou serviços inéditos na cidade, com resultados expressivos, que vão além dos números, pois impactam diretamente no comportamento da população e em sua auto-estima de forma geral”. O diretor finalizou lembrando que os atendimentos nos núcleos serão retomados em breve e que a equipe da UnC está aberta para receber todos os interessados em conhecer mais sobre os serviços e oportunidades que a universidade oferece. BOLSAS DE ESTUDO E INSCRIÇÕES Em 2019, 35% dos acadêmicos cursaram graduação com o auxílio de bolsas de estudo que chegaram até 100%. Até o dia 8 de fevereiro, a UnC está com inscrições gratuitas para Ingresso por Mérito (inscrições podem ser feitas pelo link:   http://www.unc.br/ingressomerito). Em Rio Negrinho, o ingresso na  modalidade vale para os cursos de Psicologia, Direito e Design. Confira as pesquisas científicas de Rio Negrinho que foram apresentadas  no IX SIPEX: 

  • A hipervulnerabilidade do consumidor diante das inovações tecnológicas e as dificuldades na proteção de dados individuais: Joel Dutka
  • Identificação, catalogação e análise dos precedentes jurisdicionais vinculantes expedidos pelos tribunais do Sul do país pertinentes à judicialização da saúde: Luciane Baum Augustin
  • A inclusão escolar da pessoa com deficiência no município de Rio Negrinho sob a ótica da lei número 13.146/2015: Analice Schaefer de Moura
  • Análise sobre o direito fundamental à saúde e as principais dificuldades para a sua efetivação: Mably Rosalina Fernandes
  • Os direitos humanos x o sistema prisional feminino brasileiro: Mably Rosalina Fernandes
  • O impacto da divisão dos trabalhos de produção e reprodução para discriminação do trabalho da mulher: Analice Schaefer de Moura
  • A soberania do Estado na Era da Globalização: impactos nas políticas afirmativas e direitos humanos: Pedro Henrique de Souza
  • Desastres ambientais e impactos biopsicossociais: estudo de caso das inundações na cidade de Rio Negrinho: Fernanda Cristina Neidert Batista
  • Estágio em Psicologia Escolar: análise das experiências de acadêmicos no Planalto Norte Catarinense: Elivelton Ogliari Ribeiro
  • O direito administrativo e o relacionamento entre indivíduo e Estado: o caso dos cartórios: Joel Dutka
  • Desenvolvimento Turístico da cidade de Rio Negrinho com a utilização de aplicativo móvel: Sendyfer Ribeiro Cardoso 
  • Educação Terapêutica: tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA) a partir da inclusão escolar: Rafael Amboni Dal Moro
  • Liberdade de expressão versus crime de desacato: uma análise da (in) convencionalidade do crime contra a honra de funcionário público à luz dos Direitos Humanos: Jaciel Karvat
  • O caráter inquisitorial do inquérito policial e sua (in) eficácia como meio de prova: Jaciel Karvat
  • A percepção das crianças sobre o ambiente: análise de um grupo de 7 a 9 anos na cidade de Rio Negrinho (SC): Adriele Senem
  • Desenvolvimento Biopsicossocial de crianças e adolescentes acolhidos: uma análise das práticas adotadas em um abrigo institucional de uma cidade do Planalto Norte de Santa Catarina: Antônio Álvaro Chagas
  • Grupos de Terceira Idade e qualidade de vida: relato de experiências de estagiários de Psicologia: Antônio Álvaro Chagas 
  • Inclusão da Pessoa com Deficiência: uma contextualização histórica do reconhecimento desta população: Ruan Vicente Ferreira
  • Escravidão contemporânea brasileira e políticas públicas de reparação: Norberto Krüger Rodrigues
  • O trabalho decente, a reforma trabalhista e o controle de convencionalidade: Amanda Beckers
  • Trabalhando a inteligência emocional na Educação Infantil: um relato de experiência a partir do estágio supervisionado em Psicologia Escolar: Aline Thaís Leopoldino
  • Trabalho da gestante em local insalubre: análise do julgamento pelo STF: Fernanda Jablonski Alves 
  • Pais de crianças autistas: quais impactos emocionais e as necessidades emergentes pós diagnóstico: Alexandra Destri Bacic
  • Análise dos estudos desenvolvidos acerca da violência contra empregadas (os) domésticas (os): Taiane Marques 
  • História da Indústria Moveleira de Rio Negrinho: Thaisa Stopa Wawrzenczak
  • Progressão de regime por salto viabilidade no sistema prisional brasileiro: Mably Rosalina Fernandes 
  • Testamento Vital: Thiffany Cristiane Nogueira 
  • Mulheres, família e trabalho: Ketlin de Oliveira 
  • Descriminalização do porte de drogas para consumo: caso de saúde pública e não de crime: Ana Paula Borges 
  • Ação de alimentos gravídicos: relevância da capacidade probatória: Mably Rosalina Fernandes 
  • Depressão na terceira idade: estudo exploratório sobre fatores envolvidos: Elisa Aparecida Hacker Ramos 
  • Configurações acerca da aplicação pelo Supremo Tribunal Federal do Princípio da Insignificância diante da habilitualidade da conduta delitiva: Rebeca Lopes Ferreira
  • Análise Histórica do Princípio da Dignidade Humana a partir da Declaração Universal dos Direitos Humanos: Rebeca Lopes Ferreira
 ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram