Nossas Noticias

"Maníaco da Sandero" não passou por Rio Negrinho

  REGIÃO. O delegado de Rio Negrinho, Rubens Passos de Freitas, auxiliou policiais civis de Curitiba (PR) a identificar o “Maníaco da Sandero”, suspeito de ter violentado sexualmente várias mulheres na capital paranaense. O “Maníaco” foi preso na quarta-feira (08) em Curitiba, apresentando um documento falso. Procurado pela reportagem do Nossas Notícias, o delegado explicou que o homem apresentou um documento falso e que por ter amizade com policiais civis de Curitiba, foi procurado por eles para auxiliar na identificação do homem, que tem 35 anos e tinha mandado de prisão em aberto por crimes cometidos em Criciúma (SC).

Continua depois do anúncio 
Na cidade catarinense, o homem foi condenado por um roubo com uso de arma de fogo em um supermercado no bairro Próspera. “Só ajudamos a identificar o suspeito, que é foragido aqui de Santa Catarina”, explicou.
Continua depois do anúncio 
O delegado também esclareceu que o suspeito não passou ou morou em Rio Negrinho. “Não temos conhecimento de nenhuma passagem dele por aqui”.
Continua depois do anúncio 
Confira no vídeo abaixo a reportagem completa sobre a prisão, veiculada no programa Tribuna da Massa, do Paraná.  https://youtu.be/IatydtxbL5U
Anúncios
]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram