Nossas Noticias

Cuide bem da sua visão com exercícios para os olhos e outros cuidados simples de saúde

MEU NOME É SIMONE CHAGAS, sou mulher, esposa, mãe, formada em Gestão de Negócios pela UnC Rio Negrinho, formada em Massoterapia com ênfase em massagem terapêutica e estética, aromaterapia e reflexologia podal pelo NES de Blumenau (SC). Curso a última fase da pós graduação em Psicologia Corporal no Centro Reichiano  em Curitiba ( PR ) e sendo empreendedora, atendo no Espaço Terapêutico Viver Bem. Para falar comigo você pode entrar em contato via telefone ou whatsapp pelo número (47) 9. 91530785!

Boa leitura! 🙏

Caros leitores, devido a necessidade de esplanar melhor o como a visão afeta  toda nossa saúde dou continuidade ao tema:

Como enxergar melhor sem óculos?

 
  • Você sabe como o olho é formado?
Nossos olhos são compostos por três camadas membranosas: uma camada rija, inelástica exterior, chamada esclerótica, uma camada média onde estão os vasos sanguíneos, chamada córoide, e uma terceira, ou interna chamada retina. Colocada em uma depressão óssea do crânio, a cavidade dos olhos tem formato largo a frente e vai se estreitando à medida que se dirige pra trás. A depressão imediatamente atrás do olho está cheia de matéria gordurosa, fornecendo um leito acolchoado onde ele gira. Seis músculos movem o olho  Seis músculos movem o olho e prendem-se a parte anterior da esclerótica, (a camada membranosa externa) e a posterior por uma pequena abertura óssea no fundo da cavidade.  Quatro desses músculos, chamados músculos retos, passam diretamente por trás da abertura, de cada lado do globo ocular e mais um em cima e outro embaixo.  Os dois restantes chamados músculos oblíquos, passam parcialmente ao redor do globo ocular, partindo um de cima e outro de baixo. Atravessam um ilhós ou roldana ligamentosa antes de ir finalmente ao fundo da cavidade, onde prendem-se na abertura óssea ali existente, com os outros quatro.  O que esses músculos fazem? A função dos músculos retos é promover a mobilidade do olho, permitindo que o olho mova-se para qualquer direção. Já a função dos músculos oblíquos é de exercer pressão em torno da parte média do globo ocular, dando-lhe a possibilidade de Vera várias distância pela maior ou menor tensão exercida sobre o olho. Esclerótica A esclerótica protege o olho de qualquer coisa contrária externa, dando assim a cor branca. Quatro quintos da esclerótica são opacos e não permitem a entrada de luz. O um quinto restante é uma área translúcida, chamada córnea, que está situada na parte centro-anterior do olho. Parece colorida por causa do pigmento que fica por trás, mas na verdade é perfeitamente incolor. Córoide O córoide, ou segunda camada é a zona dos vasos sanguíneos que é formado por veias e artérias e a linha de abastecimento da esclerótica uma vez que ela não tem vasos sanguíneos e deve receber sua Nutrição dos tecidos circunvizinhos.  Veias e artérias  As veias e artérias fazem para os olhos o mesmo que fazem para os demais órgãos do corpo, as artérias levam o sangue bom necessário as suas funções e reparações dos tecidos e as veias removem o sangue depois de ter executado o serviço carregando os produtos nocivos que sobraram, e descarregam nas linfas, o sistema linfático realiza a limpeza e devolve o sangue bom para as veias novamente. A retina A terceira camada, a retina – espécie de forro da segunda – é o laboratório interno onde é executado o trabalho. Ela contém todos os elementos sensíveis que transmitem a vibração da luz aos nervos ópticos, os quais, por sua vez, transportam essas impressões aos centros nervosos no cérebro. Você sabia que o olho é dividido em duas câmaras?  O olho ainda é dividido em duas câmaras, partindo-se da frente para trás. Na feente fica o cristalino, com seu ligamento e seu músculo, ele é biconvexo e é suspenso na junção da córnea e com a esclerótica. Esta câmara está cheia de um líquido claro chamado humor aquoso. Ele é produzido constantemente e regenera se eventualmente for perdido em uma operação ou acidente. O equilíbrio entre a produção do humor aquoso e o seu escapamento é que controla a pressão interna do olho. O equilibrio da pressão ( nem muito alta e nem muito baixa) dentro do olho é necessária para manter sua forma perfeitamente esférica e só assim que é possível enxergar com nitidez. Ainda dentro desta câmara está a Iris, a qual é responsável dilatação e contração para a passagem de luz, ou seja é a janela pela qual o cérebro pode enxergar. E o que fica por trás desta câmara ? Ainda por trás desta câmara fica o forro que é chamada de retina a qual dá a cor a Iris.  Na segunda Câmara, também chamada de terceira camada do olho está ligada a segunda e mantida parcialmente em sua posição por um semifluido, substância meio gelatinosa chamado humor vítreo. Este humor enche toda a câmara. Sem esse humor vítreo, o olho murcharia, como sucede a uma bola de borracha sem ar. E diferente do humor aquoso, uma vez perdido o humor vítreo, não pode ser substituído, ou seja não se regenera.

Independente de  você ter ou não um problema de visão, como pode melhor cuidar dos seus olhos? 

Bem, entendendo um pouco como o olho é formado, podemos falar de como cuidar deles. Se no exame realizado por um médico de confiança não for verificada nenhuma patologia degenerativo e nenhum problema diretamente ligado aos nervos visuais, o mais razoável é dar uma chance aos olhos e tentar readiquirir um bom estado de saúde geral. Este procedimento é muito mais sensato do que colocar um par de cangalhas sobre o nariz e passar o resto da vida com essa muleta, gastando muitas horas do seu valioso tempo curvado, de joelhos a procurar nos cantos os óculos que você perdeu “não sabe onde”.

O que dores nos olhos também  podem significar

Dores de cabeça associadas a leitura, além do cansaso visual podem ter uma origem no mal estado dos dentes, manifestação de sinusite por excesso de catarro, ou ainda na prisão de ventre. Como característica haverá um certo congestionamento na camada externa do olho, dando-lhe um aspecto ligeiramente vermelho. Estes sinais desaparecerão rapidamente com os exercícios apropriados de relaxação e estímulos aos músculos dos olhos. Logicamente há que se eliminar o catarro e pesquisar os dentes. Além de iniciar cuidados com a alimentação e especial atenção a função intestinal. Se necessário, hidroterapia de cólon para tonificar e aumentar a eliminação. O estado tóxico devido a má excreção, envenena os olhos e afeta seriamente o seu funcionamento. Para livrar-se dessas toxinas é preciso evacuar todos os dias.

Levando o estado emocional em consideração 

O estado emocional também não pode ser menosprezado, pois quando há um excesso de procuração o cérebro entra em ebulição e o mesmo não é capaz de interpretar normalmente os impulsos que lhe são enviados através dos nervos ópticos. Um grande medo, depressão ou tristeza podem também dificultar a tal ponto o modo de enxergar, salvo se lhe for ensinado como os olhos vêem e o que se deve fazer . períodos depressivos para proteger os olhos. Enfim, várias situações que levam a utilização de óculos podem ser normalizados com os exercícios para os olhos juntamente com a averiguação das causas primárias, como saber por exemplo a origem da dor de cabeça, pois a dor de cabeça não vêm do olho e sim de algo que não foi diagnosticado corretamente, infelizmente em alguns casos os óculos aliviam a dor de cabeça o suficiente para convencer de que os olhos são realmente a causa real do mal. Sendo que a dor de cabeça deve ser algo para uma investigação de sua real causa.

Na verdade você não vê com os olhos, mas com o cérebro através dos olhos

Tudo o que tiver diante da vista está dentro da vista, mas você só poderá ver se o cérebro receber a informação. A ausência de relaxação não só estica os músculos e conduz o olho para fora do foco perfeito, como atrapalha o funcionamento do cérebro.  Tudo que influência suas emoções também afeta seus olhos muito mais profundamente do que apenas os sinais óbvios externos, tais como:
  • Lágrimas de pesar
  • Turvação de raiva
  • Arregalar de espanto
  • Sombreamento de tristeza
  • ” Luz que brilha nos olhos” quando se é feliz
O olho é o prolongamento do tecido cerebral, e o cérebro, centro de todo sistema nervoso é constantemente agitado pelas emoções. Os três segredos da boa visão.
  • Piscar,
  • Ter a visão focada,
  • Possuir boa mobilidade

Exercícios para os olhos 

E para auxiliar neste processo entram os exercícios que podem ser feitos com o auxílio do Terapeuta, o qual irá ensinar e acompanhar sua evolução de melhora. Ainda o paciente poderá dar continuidade dos exercícios em seu dia-a-dia, com muita disciplina e auxílio Terapêutico o mesmo consiguira uma melhora da sua saúde em geral, proporcionando assim uma qualidade de vida.  

Gratidão🙏

Simone Chagas

Terapeuta 

Referências Bibliográficas Sistema Bates aplicado ao dia a dia Título: Como enxergar bem sem óculos Autor: M.Matheus de Souza, DC.DM. Editora Ibraqui – SP 1998  ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram