Nossas Noticias

Indignado, homem garante: "estão enviando falsas e pejorativas mensagens em meu nome"

Anúncios

Na foto, Odair com o Boletim de Ocorrência que registrou na Delegacia de Polícia de Rio Negrinho
RIO NEGRINHO. Odair José Goscinski tem 33 anos e é casado. Morador de Volta Grande, no interior da cidade, teria tudo para ter uma vida “mais que tranquila”. Mas, segundo ele,nos últimos dias sua vida se transformou mesmo em uma onda bastante turbulenta.
Continua depois do anúncio
Ele procurou a reportagem do Nossas Notícias e contou que há cerca de um mês comprou um chip de celular em uma loja de telefonia da cidade. Segundo ele, assim que baixou o aplicativo WhatsApp já foi automaticamente incluído em dez grupos. Odair disse também que além do fato, que é atípico, alguém que ele garante não ser ele, está enviando mensagens pejorativas para vários contatos através do WhatsApp e também Facebook. “Mandaram mensagens para a minha esposa e para o meu cunhado dizendo um monte de coisas que resultaram em muita confusão. Para ter uma ideia minha esposa foi até parar no hospital e chegou a pedir a separação”.
Continua depois do anúncio
Em função das atribulações Odair registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Rio Negrinho nesta segunda-feira (17). Ele contou que a esposa levou o celular dela na Delegacia e segundo ele, foi verificado que as mensagens estariam de fato sendo enviadas de seu celular, fato que ele nega veementemente. “A única solução creio que vai ser ligar para a operadora e pedir para bloquear o chip pois não entendo o que está acontecendo. Porém, não vou pagar pelo que não devo. Minha consciência está limpa”, reforçou.
Continua depois do anúncio
  Odair finalizou garantindo que seu aparelho está protegido por senha e que ninguém além dele teve acesso físico ao seu celular. O QUE DIZ O DELEGADO DE POLÍCIA Para saber mais detalhes, a reportagem do Nossas Notícias esteve na Delegacia na tarde desta terça-feira (18), onde conversou com o delegado Rubens Passos de Freitas. Ele contou que neste ano em Rio Negrinho cerca de dez Boletins de Ocorrência de clonagem de WhatsApp em Rio Negrinho foram registrados. “Mas todos de  pessoas pedindo algum benefício financeiro. Essa situação de envio de mensagens pejorativas é bastante atípica para nós”. 
Continua depois do anúncio
Segundo o delegado, a clonagem principalmente de WhatsApp, acontece muitas vezes porque os golpistas entram em contato com as vítimas se passando por algum site e pedindo algum tipo de  confirmação (para venda ou compra, por exemplo) de um código do WhatsApp através de SMS. ” O WhatsApp não é cadastrado pelo número do chip do usuário, mas a somente pelo número do celular, o que facilita as clonagens. Por isso recomendo a todas pessoas que usem a verificação de dois fatores do aplicativo, um mecanismo que protege muito o usuário”. Para o delegado, eventualmente o chip de um celular pode ser ainda clonado por algum funcionário de operadora. Ele considerou que no caso de Odair alguém em algum momento possa ter tido acesso fisico ao aparelho e ter instalado algum aplicativo de espelhamento de celular. “Mas nesse caso é difícil chegar até quem possa porventura estar fazendo isso pois não tem rastros de IP ou qualquer outro. A polícia nesse momento e somente com essas informações está de mãos amarradas, pois as mensagens aparecem realmente como enviadas do celular dele”. Para evitar que conflitos como esse venham a acontecer, o delegado explicou como usuários podem, em poucos passos, proteger seu WhatsApp. “É só abrir o aplicativo, clicar em CONFIGURAÇÕES, depois em CONTA e em CONFIRMAÇÃO EM DUAS ETAPAS. É um procedimento bastante simples e que evita transtornos futuros”, aconselhou. 👇👇 👇👇👇 👇👇👇👇👇   👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇   OUTRA OCORRÊNCIA RELACIONADA EM RIO NEGRINHO EM 2018 E DICAS DE ESPECIALISTA EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Continua depois do anúncio
No ano passado, um desentendimento entre casal, que resultou no raqueamento do Facebook de uma das partes acabou indo parar nas redes sociais. Na ocasião, nossa reportagem apresentou o caso ao especialista em Sistema de Informação,Marcelo Santos, que forneceu dicas de como se proteger de possíveis ataques e golpes em celulares, computadores, aplicativos e redes sociais. Saiba mais clicando no link 👇 https://nossasnoticias.com.br/2018/10/15/treta-entre-casal-serve-de-alerta-para-a-importancia-da-protecao-de-senhas-de-redes-sociais-e-mails-celulares-pcs-e-outros/
Anúncio
         ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram