Nossas Noticias

Após agressões, menor deixa mulher cuspindo sangue; desentendimento foi motivado por uma discussão sobre televisão

Anúncios RIO NEGRINHO. No início da noite de domingo (21), através do centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), uma criança solicitou presença dos Bombeiros Militares até sua residência, pois segundo ela, sua mãe estava machucada.

Continua depois do anúncio
Em entrevista a menor, foi possível perceber que os ferimentos repassados ao Copom via telefone, provinham de golpes contra a face e abdômen, pois segundo relato inicial da ocorrência, a vítima cuspia sangue e estava com o olho muito machucado. Logo após o atendimento inicial, por se tratar de suspeita de Violência Doméstica, rapidamente foi encaminhada uma viatura policial para a residência da solicitante, sendo comprovado que a vítima das lesões acabara de ser agredida por seu irmão menor de idade.
Continua depois do anúncio
O menor confirmou ser autor das lesões e que o desentendimento teria iniciado após uma discussão sobre televisão. Os Bombeiros Militares conduziram a mulher vitima de violência Doméstica para a fundação hospitalar municipal, onde permanecerá em observação.
Continua depois do anúncio
Quanto ao autor das lesões, este foi conduzido à delegacia de polícia por ter cometido ato infracional análogo ao crime de lesão corporal no âmbito da lei Maria da Penha. Polícia Militar de Santa Catarina: “Presente e Protegendo”. Texto: Sd Tiago Martins Seção de Comunicação Social da 3ªCia/23ºBPM
Anúncio
 ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram