Nossas Noticias

Ator de São Bento fala das expectativas de contracenar com Adriane Galisteu e elenco de Cronosofia

ANÚNCIOSCLIQUE NA FOTO PARA COMPRAR 👇 INAUGURA DIA 7 DE MARÇO AO LADO DO CARTÓRIO EM RIO NEGRINHO! 👇 CLIQUE NA FOTO E PARTICIPE DO GRUPO DO WHATSAPP 📲 SÃO BENTO DO SUL. Robson Rodrigues, mais conhecido como “Robson do Teatro” é ator (como o próprio nome sugere rsrs), mora em São Bento do Sul há 33 anos e faz teatro há 28 anos. Em sua trajetória artística e profissional já interpretou e dirigiu centenas de personagens e cenas além de participar de alguns filmes do cinema nacional. E foi em um deles, intitulado “Uma carta para Ferdinand”, que conquistou o “passaporte” que o levou a ser selecionado para ser um dos personagens principais do filme “Cronosofia – há um tempo para tudo” onde atuará ao lado de ninguém menos que Adriane Galisteu. Em “Uma carta” ele já havia contracenado com os também famosos Cristiana Oliveira, Clemente Viscaino e Ferrugem. As gravações de “Cronosofia”,  dirigidas por Anderson Dresch e Fábio Cabral acontecerão neste mês, nas cidade de Joinville (SC) e Curitiba (PR). A  reportagem do Nossas Notícias conversou com Robson e também com o diretor Anderson Dresch. Sobre as expectativas para as filmagens Robson, naturalmente, disse que são grandes. “Sim, são grandes expectativas. Ainda mais por contracenar com alguém como a Adriane Galisteu que já chegou num nível profissional que eu também almejo estar”, falou. “São 17 páginas de texto para decorar” Nos últimos dias ele tem se concentrado em decorar o texto da trama. “São 17 páginas de texto. É um trabalhão mas está ótimo poder me dedicar a um trabalho como esse! Que obra! Estou muito entusiasmado, completamente feliz!”.  Robson também comentou que sente-se feliz por ter sido selecionado para o elenco, tendo em vista que por vários motivos não é muito comum ver atores catarinenses atuando no cinema de forma geral. “Gostamos da atuação dele”, comenta diretor Anderson Dresch, contou à reportagem do Nossas Notícias que ele e sua equipe gostaram muito da atuação e forma de trabalho de Robson, durante as gravações de “Uma carta para Ferdinand”. “Já naquele momento pensamos que poderíamos chamar o Robson para um projeto futuro e foi o que aconteceu”. O diretor também contou que a participação de Galisteu no filme se deu através da amizade que Fábio Cabral, companheiro de direção em Cronosofia, tem com a estrela. “Ele apresentou a proposta para a Adriane Galisteu e ela adorou. Está super empolgada para o início das gravações”, comemorou. Ele finalizou informando também que o filme deverá ser lançado no segundo semestre deste ano. Do que trata o filme Na trama, o escritor e jornalista Abel Paiva passa por uma experiência extra-sensorial que o leva a descobrir um livro antigo, onde encontra a foto de uma mulher misteriosa que desperta seu interesse de uma forma avassaladora. Ao investigar, descobre inexplicáveis ligações com essa mulher. Nessa jornada, ele vivencia momentos de paixão, suspense e loucura, sem saber de verdade, em que tempo esses fatos estão ocorrendo.          ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram