Nossas Noticias

Natal Encantado está sendo repensado pela prefeitura e Câmaras do DEL

RIO NEGRINHO. A forma como o Natal Encantado de Rio Negrinho vem sendo realizada nos últimos dois anos está sendo repensada pela prefeitura e integrantes das Câmaras de Cultura e a Câmara de Turismo do DEL (Plano de Desenvolvimento Econômico Local).

ANÚNCIO
A iniciativa do estudo de uma nova proposta por parte das duas Câmaras partiu do  Conselho do DEL, que assim como as Câmaras Técnicas, é formado por voluntários que representam diferentes entidades e instituições de Rio Negrinho. Ideia surgiu no final do ano passado A ideia que originou esta movimentação em torno do tema surgiu após uma reunião do DEL no final do ano passado quando, conforme Kauana Bonafini, articuladora do programa, foi identificado que o poder público e empresários querem que o Natal se torne um projeto profissionalizado e organizado, não pesando para a prefeitura nem para os empresários apoiadores. Segunda reunião nesta semana
ANÚNCIO
Para dar continuidade no estudo das possibilidades de mudanças, nesta semana os integrantes das Câmaras de Cultura e a Câmara de Turismo do DEL reuniram-se na sede da Associação Empresarial para tratar do assunto pela segunda vez. Como são realizados eventos de destaque nacional e internacional em outras cidades No primeiro encontro, Adilson Figueiredo, presidente da Fundação Municipal de Cultura, levou alguns exemplos de como alguns eventos são organizados em outras cidades como Pomerode (SC) e Gramado (SC). A partir da apresentação foi identificado que estes locais tem uma entidade externa ao poder público que organiza eventos de renome nacional e internacional, como é o caso do Natal Luz gaúcho. “Alguns com mais dinheiro público outras com menos. Mas todos eram associação, fundação…”, comentou Kauana. Busca de uma Associação para assumir o Natal Encantado como um todo Segundo ela, uma das possibilidades discutidas na reunião – e que precisa ser amadurecida – é a de que  alguma associação assuma o Natal em Rio Negrinho. Porém, conforme os integrantes das Câmaras, não foi identificada nenhuma associação atualmente que tenha manifestado o interesse de assumir, de prontidão, o Natal Encantado.  Possibilidade de decoração não ser mais de responsabilidade da prefeitura Em virtude disso, num primeiro momento o grupo decidiu por enviar pedidos de orçamento de uma nova decoração para o Natal para, pelo menos, duas empresas. Uma delas, a que desenvolveu a decoração da primeira edição do Natal Encantado. Nos próximos encontros, conforme Kauana, os voluntários e integrantes da prefeitura devem amadurecer a possibilidade de a decoração do Natal Encantado não ser mais de responsabilidade da prefeitura, sendo cogitada a contratação de uma empresa. Plano de marketing para dar retorno para patrocinadores O grupo também começou a debater  a sustentabilidade financeira do projeto, com a implantação de  um plano de marketing para que dê retorno para as empresas que investirem no projeto. Kauana finalizou enfatizando que estes são estudos preliminares, cujas propostas continuarão a ser estudadas por membros da prefeitura e voluntários do DEL. “Ainda não houve nenhuma definição, mas o grupo quer que alguma organização seja criada e com o tempo venha assumir o evento como um todo”.  ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram