Nossas Noticias

Após polêmica, prefeitura se manifesta com relação a colocação de grades ao lado de vagas de estacionamento para pessoas especiais

RIO NEGRINHO. A instalação de grades de proteção, em vários pontos da cidade,  ao lado de vagas de estacionamento para pessoas com deficiências causou uma série de questionamentos por parte da comunidade e muita polêmica nas últimas semanas de 2018. Em virtude da intervenção, várias pessoas se manifestaram também nas redes sociais, incluindo pesapes com deficiência e pais de alunos com necessidades especiais, que reclamaram das grades que foram colocadas em frente à Escola Selma Teixeira Graboski, no bairro São Rafael. A instalação das grades ocorreu durante o período de recesso da prefeitura e não houve um aviso prévio à população. Porém, em contato com a assessoria de imprensa da administração municipal, hoje a iniciativa foi explicada pelo assessor Fabiano Kutach. Segundo ele, a instalação das grades precisou ser feita de forma urgente para que a prefeitura não perdesse recursos do governo estadual, já que foi firmado um convênio para melhorias no sistema de trânsito. “Este convênio,conforme a Secretária de Planejamento, Marlete Schroeder, precisava ser iniciado ainda em 2018. Por isso foi preciso fazer algo e registrar com fotos para encaminhar ao Estado”. Kutach também explicou que conforme a Secretária, nas proximidades da Escola Selma, onde as grades foram colocadas, a faixa de pedestres será reposicionada antes do início das aulas, sem nenhum prejuízo aos alunos. “E sobre a faixa no centro, estudos realizados vão reposicionar o estacionamento privativo bem como  o reposicionamento das faixas de pedestres”. Kutach informou também que o convênio em questão é o 2016TR001572,no valor de R$ 374.365,61 e prevê obras para melhorias em acessibilidade, execução de calçadas e rampas de acesso.    ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram