Nossas Noticias

Conselho da Comunidade lança concurso de frases

Fotos: Fabiano Kutach
A data de hoje foi duplamente importante para os membros do Conselho da Comunidade. Após ser instalado em Rio Negrinho em 10 de novembro de 2017, o grupo de voluntários apresentou hoje sua nova sede e novos colaboradores além de lançar um concurso de frases, que deve definir o slogan do Conselho. De acordo com Eliete da Cruz, presidente do Conselho, todos os interessados podem participar inscrevendo frases que incluam as palavras ressocialização e humanização. i “A ficha de inscrição está disponível no site da Acirne ( acirne.org.br) até o próximo dia 18. As frases serão analisadas por uma comissão e o resultado será divulgado no próximo dia 22, no palco cultural do Natal Encantado”, explicou. O (a) autor (a) da frase vencedora receberá um KINDLE (leitor de livros digitais), entregue no evento do dia 22.  Conselho da Comunidade. Porquê? O Conselho é ainda um órgão da execução penal, previsto na Lei nº 7.210/84, que tem como objetivo principal contribuir na efetividade do cumprimento da pena, auxiliando o preso e seus familiares durante o resgate da reprimenda, bem como servindo como um referencial ao egresso quando deixa o sistema prisional, aproximando-o da sociedade. Criado oficialmente em 10 de novembro de 2017, reúne representantes do Poder Judiciário, Poder Público e  da iniciativa privada, representada por integrantes ligados à entidades de classe, como é o caso da Acirne e CDL. O juiz da comarca, Rubens Ribeiro da Silva Neto, um dos propositores da formação do Conselho em Rio Negrinho, destacou em sua fala a imediata aceitação de autoridades e da comunidade já nas primeiras apresentações da ideia. “Se não acreditássemos que as pessoas podem se regenerar, nosso trabalho não teria sentido. Todos nós, voluntários desta organização, aprendemos juntos a fazer um Conselho e o resultado das atividades realizadas até agora comprovam que houve uma opção certa”. Eliete elencou várias atividades do Conselho neste pouco mais de um ano. Dentre elas estão um concurso de redação para alunos da rede pública e privada, visita ao presídio de Mafra e reuniões com apenados. “Foram todas experiências de muito aprendizado. Cabe salientar que não nos cabe julgar o apenado, mas sim, contribuir para que tenha a opção de fazer um novo caminho”. Socialização/Ressocialização: questões importantes Para o Tenente Coronel da Polícia Militar, Fabiano Dias Perfeito, que comanda a PM nos municípios de Rio Negrinho, São Bento do Sul e Campo Alegre, frisou que a questão da socialização/ressocialização já foi levantada algumas vezes mas antes da criação do Conselho nunca uma iniciativa neste porte havia sido levada adiante. O prefeito Júlio Ronconi, que também acompanhou a solenidade, disse que é um entusiasta do comportamento humano e que inclusive já fez vários cursos e formações na área. Para Ronconi o Conselho cumpre um importante papel, qualificando ainda mais o setor de segurança na cidade, mesmo de forma indireta. “Se os apenados não tiverem oportunidades de viver com dignidade, voltarão ao mundo do crime. E é isso que não queremos para a nossa cidade”. Momento espiritual Após as falas, o pastor Leandro Liberato dos Santos, conduziu um momento de oração, seguido por seus filhos, Gustavo e Milena, que apresentaram louvor de autoria própria em voz e violão.            ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram